Sul tem a cidade mais cara para almoçar no Brasil

Florianópolis, com preço médio de R$ 40,85, encabeça ranking da ABBT

Por Marcos Graciani

graciani@amanha.com.br

Sul tem a cidade mais cara para almoçar no Brasil, informa ABTT

A pesquisa anual Preço Médio da Refeição aponta que a região Sul ficou em segundo lugar no ranking das mais caras para almoçar fora de casa. O estudo, divulgado pela Associação Brasileira das Empresas de Benefício ao Trabalhador (ABBT), avaliou o preço da refeição completa em 51 cidades brasileiras. A média, de R$ 33,48 por almoço, ficou abaixo do praticado no Sudeste e no território nacional, R$ 34,49 e R$ 34,14, respectivamente (acompanhe dados regionais na tabela ao final desta reportagem). No entanto, a região tem a cidade mais cara do país: Florianópolis, com preço médio de R$ 40,85. Já Campo Grande (MS) registrou o menor preço: R$ 26,23. 

“Normalmente, cidades que são destinos turísticos têm preços mais altos que as demais. Por isso a pesquisa é importante. Ela auxilia os departamentos de recursos humanos das empresas a conceder o benefício alimentação com valor adequado para cada região, garantindo que o trabalhador se alimente de forma adequada e saudável”, ressalta Jessica Srour, diretora-presidente da ABBT. Na região Sul, sete cidades foram avaliadas. São José dos Pinhais (PR) tem o almoço mais barato: R$ 26,43 (veja tabela abaixo com a relação de 12 cidades do país, incluindo todas as sete do Sul).

A pesquisa é feita anualmente desde 2003 entre restaurantes e lanchonetes que aceitam vouchers refeição (cartão eletrônico ou papel) como forma de pagamento em 51 cidades das cinco regiões brasileiras.  Para chegar ao valor da refeição completa são pesquisados os preços do prato principal, bebida não alcoólica, sobremesa e café praticados na hora do almoço. Os locais pesquisados são divididos em quatro categorias: comercial (estabelecimentos com serviço mais simples e que serve o popular “prato feito”), autosserviço (sistema self-service por quilo ou buffet a preço fixo), executivo (restaurante que oferece uma opção de prato do dia mais em conta que os demais apresentados no menu durante a semana) e a la carte (com ambiente mais sofisticado onde o consumidor escolhe o prato que será preparado na hora).

Cidade  Valor (R$)
Florianópolis (SC) 40,85
Rio de Janeiro (RJ) 38,97
Blumenau (SC) 37,81
Brasília (DF) 34,78
São Paulo (SP) 34,33
Canoas (RS) 33,65
Joinville (SC) 33,29
Curitiba (PR) 32,83
Porto Alegre (RS) 31,59
Belo Horizonte (MG) 30,79
São José dos Pinhais (PR) 26,43
Campo Grande (MS) 26,23

Região  Valor (R$)
Sudeste 34,49
Brasil (média) 34,14
Sul  33,48
Nordeste 33,39
Centro Oeste 32,87
Norte 32,77

leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: