BRDE libera R$ 33,2 milhões para cooperativas gaúchas

Recursos serão investidos em ampliações de unidades

Da Redação

redacao@amanha.com.br

BRDE libera R$ 33,2 milhões para cooperativas gaúchas

Contratos de financiamento do Banco Regional do Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), que somam R$ 33,2 milhões, foram assinados nesta segunda-feira (5), durante a 19° Expodireto Cotrijal, em Não-Me-Toque (RS). O ato de assinatura ocorreu no estande da instituição, no Parque de Exposições, com a presença do vice-governador José Paulo Cairoli. Os contratos vão viabilizar recursos para investimentos em duas cooperativas e duas empresas gaúchas. Em fevereiro, o BRDE liberou R$ 45 milhões para cooperativas do Paraná (veja mais detalhes aqui). 

Cairoli (na foto, ao centro) agradeceu ao banco pelo investimento e às cooperativas por acreditarem no Estado do Rio Grande do Sul. "Acreditem no nosso projeto. Ele é voltado para aqueles que mais precisam. Estamos em um trabalho de transformação para o futuro das gerações", ressaltou. O presidente financeiro do BRDE, Odacir Klein, disse que a Expodireto é uma promotora e o banco é um financiador de inovação, de produtividade e de desenvolvimento econômico. "Esses contratos visam à inovação para armazenagem, para movimentar safras, para aumentar a produtividade", garantiu.

Cooperativas e empresas beneficiadas

O financiamento de R$ 6,7 milhões será destinado para a ampliação da capacidade de armazenagem da empresa Três Tentos Agroindustrial nos municípios de Capão do Cipó, Fortaleza dos Valos, Joia, Entre-Ijuís e Santa Bárbara do Sul. Para a Cooperativa Tritícola Santa Rosa (Cotrirosa), a contratação do financiamento de R$ 9,5 milhões servira para a ampliação da capacidade de recebimento e de armazenagem de grãos, com a aquisição e a instalação de silos armazenadores em quatro filiais, em Tucunduva, Santo Cristo, Cândido Godói e Ubiretama.

Conforme o diretor industrial e de desenvolvimento da Ipacol Máquinas Agrícolas, Luis Carlos Parise, os recursos de R$ 6 milhões serão utilizados para o desenvolvimento de uma linha de máquinas Colhedoras de Forragem Autopropelidas (CFA), com tecnologia nacional, no município de Veranópolis. Para a Coagrisol Cooperativa Agroindustrial, a contratação do financiamento foi no valor de R$ 10,6 milhões, para investimentos em 15 unidades de recebimento e armazenagem de grãos. O diretor financeiro da Coagrisol, Paulo Regis Correa, revelou que a cooperativa passa por um processo de reestruturação e novo modelo de gestão. Para ele, o investimento vem para somar. "Esse é o momento de fazer novos investimentos, que há anos não fazíamos, e que vai beneficiar seis mil produtores que representam mais de 30 mil pessoas", estimou. 

leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: