BRDE e AFD financiarão projetos sustentáveis no Sul

Contrato faz parte de compromissos ratificados no Acordo de Paris

Da Redação*

redacao@amanha.com.br

BRDE e AFD financiarão projetos sustentáveis no Sul

O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) firmou um financiamento de quase R$ 200 milhões (50 milhões de euros) com a Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) para projetos que envolvam sistemas sustentáveis de empresas sediadas no Sul. O contrato de crédito foi assinado na quinta-feira (1) no Palácio Piratini, em Porto Alegre, com a presença do governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, e do embaixador francês, Michel Miraillet.

Em sua primeira visita à capital gaúcha, o embaixador destacou que o contrato está inserido nos compromissos ratificados no Acordo de Paris — sancionado pelo presidente Michel Temer em setembro de 2016 — em que o Brasil se compromete a diminuir os índices de emissão de dióxido de carbono a médio e longo prazo. Miraillet também citou investimentos bem sucedidos realizados pela França na região Sul. “[Houve investimentos nos] projetos de mobilidade urbana em Curitiba, nas redes de coleta e tratamento de esgoto em Santa Catarina e nas [práticas] de energia renovável da CEEE no Rio Grande do Sul”, enumerou. Para o governador gaúcho, o montante não se restringe ao estado, pois contribui também para a economia do Sul como um todo. “Não fosse a colaboração da AFD, muitos projetos não iriam sair do papel”, afirmou Sartori. 

Além do valor original, pouco mais de R$ 3 milhões devem ser aportados pelo Fundo de Expertise e Intercâmbio de Experiências da AFD para desenvolvimento de um acordo de cooperação técnica entre o órgão francês e o brasileiro.

*Com reportagem de Italo Bertão Filho.


leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: