Líderes inspiradores

As empresas precisam ter sensibilidade para identificar quem são elas e eles

Por Bernt Entschev

As empresas precisam ter sensibilidade para identificar quem são os líderes inspiradores

É muito bom conviver com pessoas que nos inspiram a ver o mundo de forma diferente. Elas também demonstram com suas atitudes que objetivos podem ser alcançados. Elas são líderes que inspiram outras em seus diversos círculos de relacionamento. Quando pré-adolescente, meu primeiro emprego foi de office boy. Nessa empresa, tive um gerente de vendas externas que possuía um fino trato com todos. Sem dúvida, ele foi uma figura importante para o Bernt que ainda nem imaginava trabalhar com gestão de pessoas até então.  

Todos nós, em algum momento da vida, cruzamos com alguém que nos espelhamos. Por isso, é muito importante a liderança ficar atenta ao potencial dessas pessoas dentro das empresas, pois as vantagens para a organização são inúmeras. O profissional que inspira, quando na liderança, exala humildade. Por isso, tem o prazer de desenvolver outras pessoas e jamais guarda informações para si. Ele costuma também reconhecer a importância da equipe nos resultados. Ele tem visão social e entende os valores da companhia onde trabalha.

Mesmo nascendo com esse potencial, as pessoas que inspiram passam por um longo processo de aprendizado – desde o formal, cursando universidade e especializando-se em diferentes áreas, como também buscando a educação complementar, utilizando-se, inclusive, do estudo por conta própria. E aqui nasce uma outra característica: ele torna-se entusiasmado e crê que seus objetivos farão a diferença na vida dos outros e da empresa onde trabalha. 

Chegando a esse patamar, esse líder não terá dificuldade em desenvolver seus talentos, pois terá autoridade natural para dar feedback aos subordinados, além de incentivar o desenvolvimento das habilidades dos funcionários. Terá a facilidade de fazer com que subordinados – e até mesmo seus pares – tenham atitudes compatíveis com os valores da organização. As empresas precisam ter sensibilidade para identificar quem são as pessoas que inspiram – ainda mais em tempos de recuperação econômica, pois elas podem ser um impulso para os negócios. 

leia também

Eminências pardas - Algumas empresas apresentam uma nítida coluna vertebral que vai da garagem à presidência, em sinuosa capilaridade

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: