Bunge negocia venda de seus ativos para ADM

A empresa é a maior exportadora de grãos do Brasil

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Bunge negocia venda de seus ativos para ADM, cogita The Washington Post

A Bunge poderá chegar a um acordo com a ADM já nesta semana, segundo fontes ligadas às multinacionais norte-americanas que pediram anonimato, devido ao sigilo da operação. As negociações ainda estão em curso e correm risco de falhar, já que há outros players interessados em adquirir a Bunge. A informação foi veiculada pelo jornal Washington Post. 

“A Bunge é a letra B do chamado grupo ABCD que domina o comércio agrícola mundial, ao lado da ADM, Cargill e Louis Dreyfus. Após vários anos de colheitas abundantes, os lucros das tradings diminuíram, levando os executivos do setor a pensar em fusões”, revela a reportagem. 

“A possível venda da Bunge poderá virar um leilão entre gigantes, já que a Glencore fez uma sondagem no ano passado para fundir sua divisão agrícola às operações da Bunge. Apesar da Glencore raramente se envolver em batalhas por aquisições (a empresa tem entre seus sócios fundos de pensão do Canadá), sua divisão de commodities pode tentar atravessar o negócio da ADM fazendo uma oferta em dinheiro”, cogita a publicação. 

A Bunge possui unidades no Paraná, em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul. A empresa é a maior exportadora de grãos do Brasil. 

leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: