SC fatura US$ 2,6 bilhões com exportação de carnes em 2017

Produto marca presença em mais de 120 países

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Santa Catarina fatura US$ 2,6 bilhões com exportação de carnes em 2017

Santa Catarina encerra 2017 faturando alto com as exportações de carnes. Ao todo, o Estado embarcou mais de 1,34 milhão de toneladas de carnes para cerca de 130 países, gerando uma receita que passa de US$ 2,6 bilhões. Os números demonstram a importância do agronegócio catarinense para a economia brasileira. No último ano, 40,4% da carne suína exportada pelo Brasil teve origem em Santa Catarina.  

Maior produtor nacional de suínos, Santa Catarina vem ampliando os embarques do produto. Em 2017, foram 276,5 mil toneladas de carne suína vendidas para mais de 50 países – um aumento de 0,8% em relação ao ano anterior. As receitas geradas com as exportações também foram maiores e passaram de US$ 639,2 milhões (15% a mais do que em 2016). Os principais compradores da carne suína catarinense foram Rússia, China, Hong Kong, Chile e Argentina.

 A carne de frango lidera as exportações catarinenses – o produto responde por 17,7% de tudo o que o Estado exportou em 2017. Ao longo do ano foram embarcadas 971 mil toneladas de carne de aves, uma queda de 2,9% em relação a 2016. Mesmo com uma quantidade menor, o Estado ampliou as receitas em 6,4% e faturou US$ 1,8 bilhão no último ano. A carne de frango produzida em Santa Catarina chega a mais de 120 países e os principais compradores são Japão, China, Países Baixos e Arábia Saudita.

Tradição
Com forte tradição na pecuária, Santa Catarina é berço das principais empresas do setor de carnes do Brasil. O Estado tem 18 mil produtores integrados às agroindústrias e o setor de carnes gera quase 60 mil empregos diretos em frigoríficos e indústrias de beneficiamento. Como maior produtor nacional de carne suína e o segundo maior de carne de frango, Santa Catarina atende o mercado brasileiro e o exterior, com presença em mais de 120 países.


leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: