Beto Carrero: muito além da diversão

João Murad construiu um dos maiores parques multitemáticos do mundo

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Beto Carrero: muito além da diversão

O trecho a seguir faz parte do livro “Santa Catarina – Grandes Marcas”, publicado pelo Instituto AMANHÃ.

O castelo multicolorido e imponente às margens da SC 414 – mais conhecida como Transbeto –, na Praia de Armação, em Penha, indica que estamos no maior parque de entretenimento da América Latina: o Beto Carrero World. O Castelo das Nações tornou-se o cartão postal do empreendimento – é o pórtico de entrada por onde passam mais de 2 milhões de pessoas anualmente. As fotos tiradas pelos visitantes em frente ao monumento já eram marca registrada na década de 1990, quando o empreendimento foi erguido.

A história do parque mescla-se com a de seu fundador, João Batista Sérgio Murad – o Beto Carrero. Mais que um personagem, o caubói assumiu sua identidade e tornou-o reconhecido nacional e internacionalmente. Quando menino, ainda no interior de São Paulo, Beto Carrero sonhava em ser o Zorro brasileiro e trabalhar em um parque de diversões. Partindo dessa ambição, construiu um dos maiores parques multitemáticos do mundo e transformou-se em uma figura de herói perpetuada na memória de milhares de crianças.

Após uma visita ao parque da Disney, nos Estados Unidos, Beto Carrero adquiriu um terreno no litoral norte catarinense – onde, na década de 1990, começou a dar vida ao sonho de construir um mundo mágico no Brasil. O ícone do caubói passou a estampar a logomarca, criada pelo renomado Hans Donner, que segue a mesma até hoje. Em uma área de 14 milhões de m², o parque foi inaugurado no dia 28 de dezembro de 1991, com pouco mais que uma roda gigante e shows improvisados em uma lona de circo. Desde então, passou a crescer exponencialmente, com inovações em grandes shows, personagens circulando pelo parque, um zoológico com centenas de animais e diversos brinquedos radicais. É o caso da FireWhip, primeira montanha russa invertida do Brasil, com cinco loopings, 689 metros de extensão, 41 metros de altura e velocidade de 80 km/hora.

Sempre presente nas rotinas administrativas e artísticas, Beto Carrero fazia questão de desfilar junto com os artistas do parque no final do dia, brindando a todos os visitantes com seu carisma genuíno. Mas o falecimento do fundador, que era a identidade do parque, representou um grande desafio: era preciso manter a lenda viva no imaginário dos visitantes, preservando a magia do Beto Carrero World.

Alexandre Murad, filho de Beto Carrero, assumiu o comando do empreendimento e a missão de continuar o sonho do pai. O segredo para superar sua perda foi a busca contínua pela manutenção dos valores fundadores da companhia – alegria, transparência, honestidade, cooperação, respeito, persistência, determinação, comprometimento e orgulho. Com o empreendimento, o legado de Beto Carrero permanece vivo. Hoje, ao entrar no parque, os visitantes são recebidos por um vídeo de boas-vindas do caubói e têm contato com a trajetória do fundador em um espaço destinado à preservação e exposição de suas memórias.


leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: