Tigre: garras afiadas para conquistar

Empresa apostou no marketing, área pouco valorizada pelas concorrentes

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Unidade da Tigre, em Joinville

O trecho a seguir faz parte do livro “Santa Catarina – Grandes Marcas”, publicado pelo Instituto AMANHÃ.

Líder no mercado de tubos e conexões no Brasil e reconhecida também pela irreverência de suas campanhas publicitárias, a Tigre construiu uma história de sucesso que a garante como uma das principais marcas de Santa Catarina. Referência nos mercados predial, de infraestrutura, irrigação e indústria, a empresa fundada em meio à Segunda Guerra Mundial, na cidade de Joinville, e possui plantas no Brasil e no exterior, localizadas na Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, entre outros países. A expansão que mudou a história da Tigre data do início dos anos 1950, quando a fabricação de tubos e conexões de PVC para instalações hidráulicas passou a ser o carro-chefe da empresa. Até então, a Tigre era apenas uma saudável pequena fábrica de pentes de chifre de boi, um negócio que ia bem, mas que já começava a dar os primeiros sinais de esgotamento.

Esse novo mercado atendido pela empresa capitaneada pelo jovem empreendedor João Hansen Júnior apresentava possibilidades de futuro próspero, apesar da forte desconfiança de que tubos de plástico jamais poderiam ser resistentes para substituir tubos de metal galvanizado, utilizados à época para conectar sistemas hidráulicos. Contra a corrente, a Tigre provou aos céticos que os tubos de PVC eram, sim, resistentes, e que, além disso, acabavam com um problema comum: os tubos de ferro sempre enferrujavam.  O sucesso da experiência com os produtos em PVC deu ainda mais ânimo para João Hansen Júnior e para sua equipe. Incansáveis, seguiram procurando por soluções inovadoras, confiáveis e capazes de ocupava lacunas entre as soluções para o mercado da construção civil.

Tanto gosto pelo pioneirismo fez com que a Tigre decidisse se aventurar também em comunicação e marketing, áreas pouco valorizadas por empresas concorrentes até então. Campanhas publicitárias de forte apelo popular se tornaram grandes aliadas para a construção de uma marca forte. Desde o final da década de 1950, a empresa investe pesado em comunicação.

Publicidade, o pulo da Tigre
Com jeito descontraído e irreverente, a empresa procura chamar a atenção do consumidor, facilitando a retenção da mensagem transmitida nas suas campanhas publicitárias. E o recado é sempre o mesmo: optar pela Tigre é garantia da escolha mais segura e confiável.

Há mais de 50 anos com campanhas ousadas, a Tigre foi a primeira empresa do setor da construção a anunciar na televisão. Nos anos 1970, personagens como Joana D’Água, seu parceiro Ted Tigre e seu antecessor, Zeca Diabo, vivido pelo famoso ator Lima Duarte, foram inesquecíveis para o público. O pioneirismo na gestão da marca fez com que a empresa fosse ganhadora de diversos prêmios nacionais e regionais, dentre eles o Top of Mind, da Revista AMANHÃ.

Em 2015, apostando novamente no sucesso da assinatura “É Tigre pra Toda Obra”, a empresa apresenta o slogan em um novo formato e reinventa, mais uma vez, a comunicação da categoria.  Com estratégia inovadora e objetivo de gerar engajamento com a marca, a Tigre se vale de diversos pontos de contato com seus públicos-alvo. A campanha, composta por comerciais para TV, spots e jingles para rádio, peças para mídia online, anúncios para mídia impressa e ambientação de pontos de venda, mostra, em cenas muito bem-humoradas, que quem usa Tigre tem tanta certeza e confiança na sua escolha que não aceita nem considerar outra opção de marca. 


leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: