Compromisso por um comércio forte

Há mais de 60 anos, varejo de SC conta com o apoio da Fecomércio

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Há mais de 60 anos, varejo de SC conta com o apoio da Fecomércio

O trecho a seguir faz parte do livro “Santa Catarina – Grandes Marcas”, publicado pelo Instituto AMANHÃ.

No final da década de 1930, o sistema sindical brasileiro iniciou sua consolidação, com a Carta Constitucional no governo de Getúlio Vargas. Mas apenas mais tarde, em 1945, o país voltou seu olhar ao amadurecimento das relações de trabalho por meio da representatividade de classe. Assim, cumprindo a necessidade de consolidação das estruturas sindicais, foi criada a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), que, após alguns meses de atividades – no dia 30 de novembro de 1945 –, foi reconhecida como entidade máxima do empresariado do setor do comércio no país.

Além de representar e defender os interesses da classe empresarial, a CNC buscou garantir benefícios ao comerciário brasileiro, criando seu próprio sistema de desenvolvimento social com SESC e SENAC. Assim se formou o sistema confederativo do comércio que, atualmente, abarca 34 Federações – sendo 27 estaduais e sete nacionais, mobilizando mais de 950 sindicatos da categoria econômica do comércio em todo o Brasil. A unidade do Sistema Comércio está estampada na sua identidade visual. Em 2012, a CNC padronizou o logotipo do Sistema Fecomércio SESC|SENAC e dos sindicatos filiados em todo o país. Com a transformação, as marcas passaram a adotar o ícone que remete às asas de Mercúrio – deus da venda, do lucro e do comércio na mitologia romana – e a tipografia nos tons de azul marinho e ouro. As mudanças visaram a transmitir a união do sistema, pois as 34 federações têm o mesmo objetivo em comum: representar os empresários do setor terciário.

Entre essas federações está a Fecomércio Santa Catarina, fundada em 10 de agosto de 1948. Seu nascimento foi em meio ao momento de transformações no relacionamento das forças produtivas no país que logo refletiram no estado. Com anseios de unir o segmento e fortalecer a classe, cinco sindicatos deram início à história da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina. 

Após 68 anos de história, 70 sindicatos patronais compõem o Conselho de Representantes da Fecomércio SC, orientando e defendendo os interesses dos empresários de segmentos fundamentais à economia do estado: Comércio Atacadista, Varejista e Supermercadista; Comércio Atacadista de Madeiras; Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos; Comércio Varejista de Veículos; Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis; Institutos de Beleza, Cabeleireiros, Esteticistas e Similares; Centros de Formação de Condutores; Representação Comercial; Despachantes e Revendedores de GLP. 

Ao longo de seis décadas, a entidade possui como missão orientar, defender e representar o setor do comércio de bens, serviços e turismo catarinense, que hoje é responsável por 62,4% do PIB de Santa Catarina, gerando cerca de 1,4 milhão de empregos no estado.

A Fecomércio SC, como entidade representativa do sindicalismo patronal, tem seu papel na construção de um ambiente propício ao desenvolvimento e da longevidade das empresas catarinenses. Como marcas de sua história, a Federação possui a luta pela sustentabilidade das empresas e o fomento da competitividade do comércio através de suas ações com o poder público, fortalecendo o associativismo empresarial. Na defesa de suas bandeiras, a atuação nos âmbitos político e econômico é pautada no alinhamento dos interesses do comércio, defendendo o setor com ética, transparência e independência. A intenção é assegurar um forte desempenho na representação dos empresários e no desenvolvimento sustentável do setor. Esse modelo de atuação fez com que a entidade conquistasse 46 representações, na esfera privada ou mesmo na composição de conselhos que estruturam o estado, em órgãos consultivos (com poder de decisão) e deliberativos. 


leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: