Não resista, mude!

O aprendizado precisa ser constante

Por Bernt Entschev

Bernt Entschev fala sobre mudanças e resistências no ambiente de trabalho

O Brasil está prestes a ter uma forte mudança nas relações do trabalho com a Reforma Trabalhista que passa a vigorar neste mês de novembro. Com isso, empregados e empregadores terão pela frente uma nova forma de relacionamento e todos terão de aprender a lidar com o “novo” que se apresenta. Tendo o fato como gancho, gostaria de tratar neste post o tema da resistência quando surgem mudanças. 

Não vejo outra saída senão estar sempre muito bem atualizado na área a qual se propõe a desempenhar suas atividades. Deixar o radar sempre ligado, buscando saber o que é tendência no mundo, é outro ponto importante. O atalho é a leitura, pois quem não lê, dificilmente estará conectado ao mundo. Também seja humilde o suficiente para admitir que você não é o “sabe tudo”. O aprendizado precisa ser constante. As pessoas que não seguem essa básica cartilha inevitavelmente serão as que mais sofrerão com as mudanças que ocorrem no mercado. 

Identificá-las é muitos fácil, pois elas sempre têm uma visão negativa das coisas e acabam não contribuindo com o proposto. Além do mais, apresentam má vontade e indisponibilidade para ajudar. Os profissionais com muitos anos de casa também precisam acender o sinal de alerta. Geralmente a rotina e os processos realizados há muito tempo os tornam resistentes. 

Portanto, não resista! Mude!

leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: