Go! Fun promete ensinar inglês em oito meses

Escola de idiomas do Sul mira segmento corporativo

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Luciano Santos, proprietário da Go! Fun English

Com unidades no Rio Grande do Sul e no Distrito Federal, a Go! Fun English projeta expandir sua atuação em 2018. Hoje com unidades em Porto Alegre, Novo Hamburgo e Brasília, a escola de idiomas planeja agora ampliar seus horizontes para a zona norte da capital gaúcha e para Canoas no próximo ano. O investimento nas novas unidades deve chegar a R$ 300 mil. 

Especializada em dar aos alunos fluência em inglês em períodos curtos, a Go! Fun está tendo um bom ano, apesar da crise econômica ainda vivida pelo país. "Conseguimos evoluir na prospecção de novos estudantes. Estamos crescendo em torno de 15% a cada mês” afirma Luciano Santos (foto), proprietário da empresa. O investimento anual no curso gira em torno de R$ 8 mil. A Go! Fun vai fechar este ano com 350 alunos ativos – cerca de 30% empresários e profissionais liberais. O curso mantém atualmente seis aulas in company e já formou turmas na Vonpar e Fras-le. A ideia é ampliar a atuação nesse segmento em pelo menos 20% no próximo ano. 

Criada em janeiro de 2015, a Go! Fun apresenta um método dinâmico e prático para se aprender inglês que se utiliza de ferramentas tecnológicas, culturais e sociais. O grande diferencial é o tempo de aprendizado, que é de apenas oito meses. "Ensinamos exatamente o que nossos alunos querem: falar o idioma inglês fluentemente em menos de um ano", destaca Santos.  Segundo ele, no Brasil, o percentual de pessoas que falam inglês é baixíssimo, na média de 3% a 5%. O método de ensino foi desenvolvido especialmente para o público adulto. “O aluno aprende da mesma forma que aprendeu a falar português, num formado prático e 100% conversacional”, explica o executivo. “Nosso método é intuitivo. A gramática vem depois, é um complemento. Este é o segredo”, revela Santos. 

Para se atingir a fluência em inglês mesmo sem nunca ter falado o idioma, é preciso comparecer às aulas de uma hora de duração cada uma, três vezes por semana. Direcionado a executivos que possuem uma agenda atribulada e para quem quer resultados efetivos rápidos, o curso tem várias possibilidades de agendamentos de aulas em turmas com poucos estudantes.  


leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: