BRDE amplia financiamento para municípios

Banco também assinou acordo de cooperação com a FGV

Da Redação

redacao@amanha.com.br

BRDE amplia financiamento para municípios

O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) ampliou o programa BRDE Municípios e assinou acordo de cooperação técnica com a Fundação Getúlio Vargas (FGV) para análise econômico-financeira, jurídica e de projetos de engenharia. As assinaturas do acordo com a FGV e da adesão ao programa de 27 prefeituras ocorreram nesta quinta-feira (19), em  Porto Alegre. Em parceria com a FGV, o BRDE vai apoiar os municípios na captação de financiamento de fontes nacionais e internacionais; no incremento da participação privada em projetos de parcerias público-privadas (PPPs) e concessões; e em projetos de consultoria sob medida para atender a demandas específicas das prefeituras, como administração de fundos e avaliação de imóveis.

“A parceria com a FGV, entidade com grande experiência que vai atuar na assessoria da modelagem de concessões, PPPs e captação de recursos, reafirma o que sempre dissemos: não temos qualquer tipo de preconceito com as parcerias público-privadas. O nosso foco é modernizar o Estado e oferecer um serviço de qualidade para a população”, afirmou o governador José Ivo Sartori. O diretor-presidente do BRDE, Odacir Klein (na foto, ao microfone), informou que o banco se coloca como parceiro dos gestores municipais da Região Sul “para buscar diferentes formas jurídicas de participação privada em empreendimentos públicos, sempre com foco na melhoria da qualidade dos serviços prestados à população”.

BRDE Municípios
Criado em 2015, o programa contribui para o aumento da capacidade de investimento dos municípios da Região Sul do Brasil para atendimento de demandas locais prioritárias. Desde então, 62 municípios do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná foram beneficiados com recursos no valor de R$ 165 milhões, que viabilizaram projetos de saneamento e mobilidade urbana; infraestrutura econômica, social e turística, tanto no meio urbano como rural; além do desenvolvimento institucional.


leia também

Badesul instala sindicância interna - Irregularidades na liberação de recursos serão investigadas

Badesul lança programa para capacitar pequenas empresas - Banco liberará R$ 50 milhões por meio de projetos do Sebrae-RS

BC aprova plano de recuperação do Badesul - Agência gaúcha de fomento venderá operações em prejuízo

Beto Richa deseja retomar Sudesul - No Codesul, governador do PR propõe integração dos Estados da região

BID no Brasil lança síntese para apoio de projetos - Banco apresenta alternativas para o aumento do aporte em infraestrutura

BNDES volta a habilitar o Badesul - A contrapartida à retomada do limite operacional será a apresentação de um plano de reestruturação

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: