Moody’s altera perspectiva do sistema bancário de estável para negativa

Cenário político pode causar deterioração dos fundamentos financeiros, revela agência de classificação de risco

Da Redação, com Agência Brasil

redacao@amanha.com.br

Moody’s altera perspectiva do sistema brasileiro de estável para negativa

A Moody’s anunciou nesta segunda-feira (9) que alterou a perspectiva do sistema bancário brasileiro de estável para negativa. A agência de classificação de risco declarou que a decisão reflete o risco de que as incertezas políticas possam causar deterioração adicional dos fundamentos financeiros dos bancos. A Moody´s acha que o crescimento brasileiro permanecerá fraco, ainda que aguarde a continuidade da recuperação econômica.  “Embora os bancos estejam saindo da recessão econômica, com risco de ativos administrável, não antecipamos uma redução material na inadimplência”, afirma o documento. “A inadimplência seguirá alta nos próximos 12 a 18 meses devido aos níveis ainda elevados de desemprego e resultados corporativos fracos”, prognostica a Moody´s. 

A edição desta segunda do Valor Econômico informou que o Tesouro poderá ser acionado para socorrer instituições financeiras em dificuldade, algo vedado atualmente pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). “O governo encaminha em breve ao Congresso projeto de lei instituindo novas regras. O socorro do Tesouro seria o último dos recursos entre as novas opções previstas no projeto de lei, como o "bail-in", expressão em inglês que denomina o uso de recursos dos acionistas e do capital do banco para sua recapitalização. A proposta cria as figuras do "good bank" e "bad bank", por meio das quais se separa a parte saudável da instituição da problemática”, informa a reportagem. 


leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: