Aneel cancela projeto de usina térmica no Sul

Empreendimento da Bolognesi no RS teria aporte de R$ 3 bilhões

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Empreendimento da Bolognesi no RS teria aporte de R$ 3 bi

A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu continuar um processo para revogar a autorização concedida à Bolognesi para a construção da termelétrica Rio Grande. A agência havia anteriormente dado prazo até o final de agosto para que a Bolognesi comprovasse condições de construir a usina ou a vendesse a terceiros que pudessem garantir a entrega do empreendimento no prazo acertado em contrato.

Vencedora de um leilão de energia realizado pelo governo em 2014, a termelétrica precisaria iniciar operação comercial em 2020. O empreendimento é orçado em mais de F$ 3 bilhões, mas a Bolognesi vinha buscando parceiros ou a venda do projeto devido a dificuldades financeiras para tocar sozinha a construção. Em meados de junho, m outro projeto de termelétrica da Bolognesi foi transferido pela empresa à Prumo Logística.


leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: