Como recompensar em tempo de crise

Investir em capacitação pode permitir que os funcionários trabalhem mais satisfeitos

Por Bernt Entschev

Bernt Entschev mostra como recompensar os funcionários em tempo de crise

É possível recompensar os funcionários em tempos de crise? Sim! A criatividade nas organizações é essencial para driblar estes momentos quando o corte de gastos e a redução de equipes tornam o ambiente de trabalho mais tenso e desafiador. É na crise também que muitas vezes as lideranças observam novos talentos.  Ela exige mudanças no sistema de gestão com novas ferramentas na forma de como valorizar os colaboradores, pois premiar aumenta o engajamento das pessoas. Em épocas de estabilidade econômica, isso pode ser feito por meio de bônus e porcentagens variáveis de salários sobre os resultados e promoções. Mas como gratificar se as empresas estão em dificuldades? 

Obviamente precisamos ser muito criativos para desenvolver estas novas ferramentas de premiação. Uma delas, onde o custo é menor e ao mesmo tempo permite que os colaboradores sejam gratificados, é o desenvolvimento profissional proporcionado pela organização, ou seja, não envolve diretamente valores, mas sim atualizações como oferecer um curso, por exemplo. Recompensar publicamente aqueles funcionários que merecem faz com que as pessoas se sintam bem nas organizações. Pode ser durante um evento festivo com toda a direção da empresa. 

Uma das melhores ferramentas que considero é o job rotation (rodízio de trabalho dentro da organização). Com esta prática é possível que o funcionário se desenvolva internamente por meio do aprendizado de outros setores. Com ele pode-se aumentar a competência do colaborador porque é possível compreender a companhia como um todo e, desta forma, o funcionário torna-se mais engajado e também consegue identificar a importância da atividade que atua para a organização.  É necessário que as empresas entendam que a meritocracia é importante e isso faz com que as pessoas se interessem em se envolver com os objetivos da organização. Outra mudança ocorrida por conta da crise são as avaliações de desempenho. Antes, realizadas anualmente, e agora trimestralmente, o que permite dar maior agilidade ao processo, inclusive, ajudando a corrigir a rota.

Reconhecer bons resultados publicamente, comemorar com o time, investir em capacitação, são alternativas que podem recompensar e melhorar de fato o clima e permitir que os colaboradores trabalhem mais satisfeitos. 

leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: