Incêndio atinge unidade de plásticos da Marcopolo

Fabricante de ônibus ainda calcula os prejuízos

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Incêndio atinge unidade de plásticos da Marcopolo

A Marcopolo informou a ocorrência de um incêndio na unidade de plásticos, na fábrica de Ana Rech (RS), sua principal operação de produção de carroçarias de ônibus no domingo (3). A empresa esclareceu que as linhas de produção de ônibus não foram afetadas, assim como os veículos prontos também não foram atingidos. De origem ainda não identificada, o incidente ocorreu onde são produzidos componentes plásticos e fibras, utilizados em diferentes modelos de carroçaria. Segundo a companhia, não houve feridos. Cerca de 900 pessoas trabalham no prédio atingido pelo incêndio. 

O fogo já foi controlado, mas por motivo de segurança e para que os trabalhos de rescaldo possam ser feitos, haverá, nesta segunda-feira (4) a interrupção temporária da produção nas duas unidades, Ana Rech e Planalto, nas áreas de Produção, Logística, Plásticos e Qualidade de linha e fabricação do Diurno e Noturno. As demais áreas terão expediente normal. 

Como há vendas já realizadas e a produção não pode parar, a Marcopolo estuda utilizar fornecedores parceiros da região de Caxias e, até mesmo, a unidade da companhia no Rio de Janeiro, que também tem uma divisão de plásticos. De acordo com o jornal O Pioneiro, de Caxias do Sul (RS), a direção da empresa deve ficar reunida boa parte do dia de hoje na unidade de Ana Rech. A companhia ainda calcula os prejuízos. 


Deprecated (16384): Accessing `here` as a property will be removed in 4.0.0. Use request->getAttribute("here") instead. - /home/amanha/www/src/Template/Posts/view.ctp, line: 173 You can disable deprecation warnings by setting `Error.errorLevel` to `E_ALL & ~E_USER_DEPRECATED` in your config/app.php. [CORE/src/Core/functions.php, line 311]/posts/view/4461" data-widget-id="AR_1" data-ob-template="RevistaAmanha">

leia também

Marcopolo suspende produção parcialmente - Empresa utilizará feriado para avaliar medidas a serem tomadas

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: