Embraer inaugura Centro de Tecnologia em Florianópolis

Instalação contribui para que SC tenha iniciativas no setor aeronáutico

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Embraer inaugura Centro de Tecnologia em Florianópolis

O governador Raimundo Colombo, representantes da Embraer, da Fapesc e da Fundação Certi inauguraram nesta sexta-feira (25) o Centro de Engenharia e Tecnologia da Embraer (Cete-SC). Segundo Colombo, a instalação do centro da Embraer contribui para que Santa Catarina concentre iniciativas de inovação no segmento aeronáutico. “É um passo gigantesco para entrarmos num setor muito competitivo, que é o aeronáutico. O primeiro passo de uma longa caminhada, em que já temos previsão de trazer para o Eestado setores importantes desta área”, destacou. 

Com sete engenheiros da Embraer, o centro vai centralizar a gestão dos projetos desenvolvidos pela empresa em Santa Catarina, que incluem parcerias com empresas privadas e com a Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras (Certi). Criada em 1984 a partir das atividades do Laboratório de Metrologia do Departamento de Engenharia Mecânica da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), a Certi é uma instituição de ciência, tecnologia e inovação voltada para pesquisa tecnológica de ponta. Em 2014, a fundação foi credenciada pela Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) para o desenvolvimento de sistemas inteligentes para produtos e processos de eletrônica de consumo, eletromédicos e aeroespacial e defesa.

Resultado de um convênio de R$ 13 milhões repassados pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) em 2015, a Certi tem trabalhado em projetos para o desenvolvimento da tecnologia aeronáutica. A Embraer é a primeira das empresas contempladas pela parceria, que pode se estender a outras instituições. "A Embraer busca se inserir em ecossistemas que fomentem a inovação e o desenvolvimento de tecnologias de ponta, onde quer que estejam presentes. Esse é um dos principais fatores que levaram a empresa a escolher Florianópolis como sede de seu novo Centro de Tecnologia", avalia Humberto Pereira, vice-presidente de engenharia e tecnologia da empresa.

“O governo catarinense, através da Fapesc, tem procurado apoiar, reforçar e financiar o surgimento de um centro de excelência para o setor aeronáutico no Estado. A Embraer já tem centros pelo país, e a instalação de um em Florianópolis vai criar competência tecnológica e empresarial, empregos e economia para a região”, detalha Sérgio Luiz Gargioni, presidente da Fapesc. O superintendente de negócios da Certi, Laercio Aniceto Silva, ressalta que a parceria com a Embraer é fundamental para que empresas catarinenses possam se tornar futuras fornecedoras da indústria aeronáutica. “O objetivo é investir em empresas que já tem uma base tecnológica, para que elas se mantenham atualizadas e tragam cada vez mais desenvolvimento para Santa Catarina, e que outras empresas também possam participar de projetos globais”, afirma.

Embraer em AMANHÃ
José Luiz Fragnan, vice-presidente de manufatura da Embraer, é o entrevistado desta edição de AMANHÃ. O executivo compartilhou os resultados um tanto surpreendentes de uma sondagem que ele realizou em 77 empresas brasileiras de vários tamanhos, setores e estruturas de capital, com o objetivo de “mapear o DNA de uma empresa inovadora” para seu trabalho de conclusão de um MBA. Foi sobre essas conclusões, além de outros temas, que versou a entrevista de Fragnan a AMANHÃ.


leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: