Habitasul: um grupo, muitos horizontes

Conheça a história da empresa, case do livro “100 Marcas do Rio Grande”

Redação

redacao@amanha.com.br

 Habitasul: um grupo, muitos horizontes

Uma busca constante por sustentabilidade, inovação, pioneirismo e transparência define a fórmula de sucesso do Grupo Habitasul. Uma das grandes marcas do Rio Grande do Sul, presente em setores essenciais para o desenvolvimento de todo o país, a Habitasul faz muito mais do que negócios; seu papel mais importante é o de oferecer produtos e serviços que melhorem a vida das pessoas, estabelecendo relações de longo prazo com todos os públicos.Fundado em 1967 por Péricles de Freitas Druck, logo de início o Grupo Habitasul já se tornou um importante agente de fomento ao segmento habitacional da região Sul. Mesmo com o sucesso em suas primeiras décadas, o grupo decidiu apostar em novas estratégias especialmente a partir da década de 1990 – redefinindo seus rumos através de uma entrada mais vigorosa nos setores de metalurgia e celulose. Sem, é claro, abandonar a atuação no front imobiliário e habitacional. Com a diversificação, a marca reforçou ainda mais sua presença nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Minas Gerais.

Um dos mais importantes movimentos aconteceu em 1994, quando o grupo adquiriu o controle da Celulose Irani. Sediada em Porto Alegre, a Irani é uma das maiores empresas de celulose, papel e embalagens de papelão ondulado do Brasil. Antes, o grupo já estava à frente da Koch Metalúrgica, fabricante de equipamentos para elevação e movimentação de cargas fundada em Porto Alegre em 1925 e com atuação nos mercados nacional e internacional. Ainda assim, o carro-chefe dos negócios da Habitasul continuou sendo o desenvolvimento de complexos imobiliários. Exemplo disso são as comunidades planejadas Portoverde, Vale do Sol e Vale Ville, na Grande Porto Alegre, e as iniciativas hoteleiras em destinos turísticos nobres – como o Laje de Pedra Hotel e Resort e o Laje de Pedra Mountain Village, em Canela (RS), e o Il Campanario Villaggio Resort e o Jurerê Beach Village, em Florianópolis (SC).

A Jurerê Internacional, inclusive, cabe um aparte: o importante complexo catarinense já nasceu com plano diretor próprio, com um programa de regras construtivas e taxa de ocupação substancialmente menor que o permitido pela administração municipal de Florianópolis para todos seus outros balneários. Soma-se a isso a infraestrutura, a urbanização e o paisagismo, que privilegiam a natureza, as áreas de convívio e o usufruto dos espaços públicos. Não à toa, Jurerê Internacional se tornou o balneário mais desejado do Brasil – ou o The place to be, como definiu o jornal The New York Times. Com sistema próprio de água e esgoto – benchmark nacional, com as certificações ISO 9001 e 14001 –, o residencial e resort conta com sistema integrado de segurança, sistema de monitoramento ambiental e reserva natural própria – a Reserva Olandi-Jurerê.

Assim como a fundação e o desenvolvimento do grupo, a construção da marca está estreitamente vinculada à trajetória de Péricles de Freitas Druck, presidente dos conselhos de Administração da Companhia Habitasul de Participações e da Irani. É ele, afinal, o grande guardião dos valores e princípios que regem o conglomerado. Já o trabalho de branding para a área imobiliária da Habitasul conta com Andrea Pereira Druck como diretora Institucional e principal executiva do complexo Jurerê Internacional, ao passo que Péricles Pereira Druck é presidente da Celulose Irani. Juntos, eles trabalham no estreitamento da relação entre as empresas e seus stakeholders – valendo-se dos meios digitais, dos investimentos em marketing cultural, dos eventos e manifestações artísticas. 

Com quase meio século em atividade, o Grupo Habitasul tem como um de seus principais diferenciais a força que a marca emana – um nome que deriva das empresas iniciais do grupo e faz referência às suas raízes gaúchas. A primeira utilização da marca remete aos anos 1970. Mas foi em 2000 que o grupo investiu na realização de um intenso trabalho de branding. Com auxílio de uma empresa de design, todas as marcas do grupo passaram por uma atualização – um processo que refletiu o momento de transformação e inserção num cenário cada vez mais exigente e competitivo. Ao longo da evolução da marca, o lettering Habitasul se manteve praticamente inalterado. A preferência sempre foi pela cor azul marinho, que comunica os conceitos de solidez, integridade e seriedade. Em 2002, o logotipo ganhou a companhia do slogan Uma relação de vida – dessa forma, evidenciando o papel da marca-mãe perante todas as empresas do grupo. O incremento despontou, também, como uma singela maneira de explicitar um dos principais valores da Habitasul: zelar pelas relações duradouras com todos os seus públicos.

Como um rio de mel
A marca Irani também passou por importantes reformulações antes e depois de ser acolhida pelo Grupo Habitasul. Em tupi-guarani, Irani significa “rio de mel”, uma imagem que transmite percepções vinculadas à transparência, movimento e respeito ao meio ambiente – já que a empresa utiliza matérias-primas naturais e faz questão de manter uma relação sustentável com o meio ambiente. Segunda empresa de papel e celulose do mundo a ter créditos de carbono emitidos segundo o Protocolo de Kyoto, a Irani encara seus desafios como oportunidades para se manter inovadora e perseguir a diferenciação nos negócios. Em seu logotipo, o traço em forma de elipse simboliza a ideia de movimento, dinamismo e ciclos que se renovam. O círculo semiaberto ao lado direito comunica que a companhia está aberta a novidades e preparada para as mudanças do mercado, enquanto o verde remete à natureza e apresenta a essência de seu crescimento: a base florestal renovável, matéria-prima fundamental para seus produtos. Para completar, a busca pelo progresso contínuo nos negócios é resumida pelo slogan Crescendo com valor. 

A marca-mecenas
Através de suas diferentes frentes de negócio – sejam elas a Celulose Irani, a Metalúrgica Koch e ou os empreendimentos imobiliários e hoteleiros –, o Grupo Habitasul se destaca como um dos principais apoiadores da arte, da cultura e da educação no sul do país. Entre as ações da marca está o apoio à Feira do Livro de Porto Alegre e o projeto PalcoHabitasul – que criou um novo cenário de apoio à inteligência e criatividade expressas através da arte. Iniciativa recente, o Prêmio Literário Elida de Freitas e Castro Druck abre inscrições a todos os funcionários do grupo e, de maneira inédita, busca premiar leitores, em vez de escritores. O fomento à cultura também leva a Habitasul a investir em bibliotecas, abertas não apenas aos seus colaboradores como também ao público dos locais onde atua. Em Jurerê Internacional, sob a liderança de Andrea Pereira Druck, a Habitasul também desenvolve projetos de responsabilidade social junto às comunidades. Ações sociais e culturais como essas colocam em evidência os diferenciais e os principais valores da marca. Ações que, acima de tudo, explicam a força e o reconhecimento da Habitasul em suas diversas frentes de negócio.


leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: