Moro condena Lula a nove anos e seis meses de prisão

Decisão permite que ex-presidente recorra em liberdade

por Agência Brasil

redacao@amanha.com.br

O juiz federal Sergio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância, condenou nesta quarta-feira (12) o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a nove anos e seis meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. 

A condenação é relativa ao processo que investigou a compra e a reforma de um apartamento triplex em Guarujá, no litoral de São Paulo. A sentença, divulgada hoje (12), prevê que Lula poderá recorrer da decisão em liberdade. Na decisão, Moro afirma que as reformas executadas no apartamento pela empresa OAS provam que o imóvel era destinado ao ex-presidente.

Os mercados reagiram após a decisão, com o dólar comercial apresentando queda de 1,25%, cotado a R$3,21 na venda, enquanto o índice Ibovespa subia 1,30%, alcançando 64.882 pontos.

Leia a íntegra da decisão clicando aqui.

leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: