Porto de Paranaguá terá mais de R$ 2 bi em investimentos

Appa tem no agronegócio seu foco prioritário

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Porto de Paranaguá terá mais de R$ 2 bi em investimentos, anuncia Luiz Henrique Dividino, presidente da Appa

Até 2018, o Porto de Paranaguá receberá investimentos públicos e privados superiores a R$ 2,2 bilhões. A informação foi repassada  nesta terça-feira (11/07) pelo diretor-presidente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), Luiz Henrique Dividino (foto), que participou de reunião com representantes de cooperativas na sede do Sistema Ocepar, em Curitiba. “Algumas obras já estão em andamento e os novos projetos vão contemplar armazéns, berços de atracação e equipamentos, toda a infraestrutura necessária para um melhor atendimento aos clientes”, afirmou. Participaram do encontro o superintendente da Federação e Organização das Cooperativas do Paraná (Fecoopar), Nelson Costa, o analista técnico da Ocepar, Gilson Martins, o consultor do Conselho Temático de Infraestrutura da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), João Arthur Mohr, entre outros representantes de cooperativas e de empresas de logística. 

Segundo Dividino, a Appa tem no agronegócio seu foco prioritário. “Por isso é importante essa reunião sobre infraestrutura promovida pelo Ocepar, para que possamos trazer informações do porto que serão disseminadas para todas as cooperativas. Explicamos aos cooperativistas sobre os projetos que desenhamos num cenário de 10 e 20 anos, cujo objetivo é transformar o porto numa plataforma que atenda de forma satisfatória ao setor agropecuário, para que tenhamos bons serviços, preços razoáveis e sejamos competitivos diante de clientes no mercado internacional”, relatou.

leia também

Acordos comerciais fortalecem exportação catarinense - A indústria de cerâmica é uma das primeiras beneficiadas

AEB prevê superávit comercial de US$ 46,9 bi para 2016 - Apesar da ampliação, exportações renderão menos este ano

Ano do Galo: hora de encarar o dragão chinês - Não há mais como o Brasil, a futura quinta maior economia mundial, deixar de levar a maior economia a sério

Aurora atinge receita de R$ 8,5 bilhões em 2016 - Cooperativa catarinense teve lucro de R$ 109,2 milhões

Automóveis catarinenses na terra do Tio Sam - BMW de SC exportará 10 mil carros para os EUA a partir de junho

Balança acumula superávit de US$ 38,5 bi até outubro - O resultado é o melhor para o período desde 1989

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: