Balança tem superávit recorde de US$ 7,6 bi em maio

Principal destaque da exportação ficou com os automóveis

Por Agência Brasil

redacao@amanha.com.br

Entre as manufaturas, o principal destaque da exportação em maio ficou com os automóveis

A balança comercial brasileira registrou um novo superávit recorde mensal em maio: US$ 7,6 bilhões (cerca de R$ 25 bilhões). Segundo o Índice de Comércio Exterior da Fundação Getulio Vargas (FGV), no acumulado do ano, também foi anotado um recorde: US$ 29 bilhões (aproximadamente R$ 95 bilhões). Em termos de valor, as exportações cresceram 13% em maio na comparação com maio de 2016. Os principais produtos exportados foram soja, minério de ferro e petróleo, mostrando a importância das commodities (matérias-primas cujos preços são determinados pela oferta e demanda mundial) para a balança comercial.

Automóveis têm destaque
Entre as manufaturas, o principal destaque da exportação ficou com os automóveis, cujas vendas cresceram 60% de maio de 2016 para maio deste ano, e agora representam 3,1% do total exportado pelo país. Segundo a FGV, o bom desempenho das exportações brasileiras pode ser explicado tanto pelo aumento nos preços de cada produto (13%) quanto pelo volume, ou seja, pela quantidade de itens exportados (9%).

Apesar do volume de importações (quantidade de itens importados) também ter crescido (13%) até mais do que as exportações entre maio de 2016 e maio de 2017, o valor total das importações não cresceu tanto (9%) quanto o das exportações (13%), por conta da queda no preço dos produtos importados (-1,6%).


leia também

ABDI: crise argentina deixa Brasil sob alerta - Setor automotivo deve sofrer maior impacto

Acordo comercial entre EUA e México pode afetar Brasil - AEB prevê mais prejuízo para o setor automotivo

Acordos comerciais fortalecem exportação catarinense - A indústria de cerâmica é uma das primeiras beneficiadas

AEB prevê superávit comercial de US$ 46,9 bi para 2016 - Apesar da ampliação, exportações renderão menos este ano

Agosto foi o melhor mês em produção de veículos desde 2014 - De acordo com Anfavea, montadoras instaladas no país ampliaram a fabricação em 18,6%

Anfavea prevê crescimento de um dígito na produção de 2017 - Safra também deve ajudar a vender máquinas agrícolas

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: