Velhovens: um exemplo a ser seguido

A campanha da Skol capta de forma elegante e sensível a alegria dos 60+

Por Martin Henkel

A campanha da Skol capta de forma elegante e sensível a alegria dos 60+

Está no ar nos principais canais de TV o comercial da Skol que apresenta para o mundo das cervejas os nossos 60+. Confesso que me encantei tanto com o termo “Velhovens” – o mote da campanha – quanto com a forma como o roteiro e direção mostram os protagonistas: eles apenas estavam sendo felizes. E integrados com a garotada sempre presente nos comerciais de bebidas em geral. Sem paraquedas, bungee jump ou outras coisas extraordinárias que eles até fazem, mas não todo o dia. 

Conversei com as agências que criaram o VT, a F/Nazca Saatchi & Saatchi. Meu objetivo foi entender qual a motivação dos filmes publicitários. Em novembro de 2016, a Skol lançou sua campanha de verão convidando o consumidor a sair do seu quadrado. Ela era composta por cinco filmes, exibidos na seguinte ordem: “Largada”, “Normal é Legal”, “Viva a Diferença”, “Carnaval é para Todos” e, por último, “Velhovens”. Em cada um deles, a marca estimula a quebra de padrões diferentes querendo fazer uma estação mais redonda ao lado dos consumidores. Aproveitar a vida, sem preconceito ou tabus, é a inspiração para os comerciais.

A campanha “Velhovens” capta de forma elegante e sensível a alegria dos 60+. Na posição de consumidores, eles não anseiam ser percebidos como coitadinhos ou frágeis, por exemplo. Ou mesmo obter respeito apenas como prêmio de consolação pela idade. Eles desejam o reconhecimento das marcas pela experiência que acumularam. Eles querem meritocracia. Eis o caminho para a linha de comunicação das grifes que ambicionam se relacionar com esse público. 

E a propaganda da Skol (reproduzida no vídeo a seguir) entendeu e atendeu os desejos dos 60+. Parabéns, Skol e F/Nazca Saatchi & Saatchi. Literalmente, a mensagem desceu redondo. 




leia também

A era dos carros sem “charme” - Será esta a característica dos veículos elétricos e dos autodirigidos?

A sua marca vai sobreviver aos Millennials? - Unilever e JP Morgan contam o desafio de lidar com jovens consumidores

A superfície e as profundezas da economia - Retomada poderá ser difícil dada a situação financeira empresarial

Ambev inaugura fábrica em Ponta Grossa - Entre 2010 e 2015, a companhia investiu mais de R$ 960 mi no PR

As regras do luxo que prometem transformar metal em ouro - Em seu novo livro, Susana Campuzano propõe um modelo de construção de marcas, produtos e serviços de primeira classe

As seguradoras serão atropeladas pela tecnologia? - Jovens da Geração Y esperam uma abordagem mais agressiva do segmento

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: