Tupy demite 500 funcionários na unidade de Mauá

Trabalhadores estavam em férias coletivas desde o dia 2

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Tupy demite 500 funcionários na unidade de Mauá, em São Paulo

A Tupy demitiu 500 funcionários da sua fábrica de cabeçotes e blocos de motores localizada no município de Mauá, na região da Grande São Paulo. A informação é do colunista Claudio Loetz, do jornal A Notícia. O número de trabalhadores dispensados representa dois terços do total de empregados da unidade. Os trabalhadores estavam em férias coletivas desde o dia 2. 

"Estamos ajustando o quadro da unidade de Mauá (SP), em resposta à situação adversa do mercado. A companhia comunicou a redução de quadro ao sindicato dos trabalhadores da categoria nesta segunda-feira (15). Em linha com sua tradição de cuidar das pessoas, a partir de agora iniciará negociação de pacote adicional aos direitos trabalhistas, como forma de conduzir a transição dos funcionários", comunicou a empresa em nota. 

“Em Joinville, a Tupy está com algumas vagas de trabalho em aberto para diferentes áreas da produção, a maioria no setor de acabamento”, informa o colunista. 

leia também

A superfície e as profundezas da economia - Retomada poderá ser difícil dada a situação financeira empresarial

A tragédia brasileira - Consola saber, contudo, que o que não falta é trabalho

Agosto tem perda de 86,5 mil empregos, informa Caged - Esse é o pior resultado para o mês em 20 anos

Anefac: juros sobem pelo 16º mês seguido - Bancos elevam taxas para compensar aumento da inadimplência

Após quase dois anos em queda, emprego formal cresce em fevereiro - Em rara iniciativa, Temer anunciou os dados, durante uma fala no Planalto. Sul puxou a criação de novas vagas no país

As novas carreiras do marketing digital - Estatísticos e engenheiros podem se beneficiar na área

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: