Emmanuel Macron vence segundo turno na França

O ex-ministro de Economia obteve 66,1% dos votos

Por Agência Brasil

Macron vence segundo turno na França

O eleito da França, Emmanuel Macron, comemorou neste domingo (7) a vitória no segundo turno das eleições presidenciais, com um discurso para seus eleitores. Ele destacou que o resultado obtido desde o lançamento de seu movimento político, o En Marche!, há pouco mais de um ano, não tem precedente nem equivalente na história do país. "O que fizemos nesses meses não tem precedente nem equivalente. Todo mundo dizia que era impossível. Isso é porque não conheciam a França", afirmou Macron, na esplanada do Museu do Louvre, em um discurso para dezenas de milhares de pessoas.

O jovem político social liberal, de 39 anos, o mais novo presidente da história da França, reiterou que a tarefa que tem pela frente é imensa. E pediu votos nas eleições legislativas de junho para os candidatos de sua plataforma para construir uma maioria verdadeira, forte, uma maioria da mudança que o país aspira: "Essa maioria de mudança é que espero de vocês em seis semanas, porque continuo precisando", indicou. Macron alertou que o que virá pela frente não será fácil, mas prometeu ao público que sempre dirá a verdade, que protegerá a França e que tem como objetivo unir e reconciliar o país.

Macron reconheceu que uma parte dos votos conquistados hoje foi veio eleitores que não estão de acordo com suas ideias, mas que decidiram apoiá-lo "em favor da República e contra o extremismo". E a mensagem para eles foi direta: "Protegei a República", disse. O centrista também falou sobre os franceses que votaram em sua adversária. Macron prometeu que fará o possível para que daqui cinco anos eles não tenham nenhuma razão para "votar no extremismo".

Apuração
Com a apuração finalizada, Macron obteve 66,1% contra 33,9% de Le Pen, com uma participação de 75%, um dos índices mais baixos da história das eleições no país. Na prática: o ex-ministro de Economia recebeu os votos de 20,7 milhões de eleitores, enquanto que a líder da Frente Nacional (FN) os votos de 10,6 milhões. 


leia também

"Allons enfants..." - Para formar um governo, a França viverá a experiência da coabitação: presidência de uma cor, governo de outro

Aniversário - Nada é tão belo quanto enfrentar a vida com desassombro e combatividade

Doze maneiras de enlouquecer um garçom francês - Eles ficam estarrecidos com a intimidade que alguns brasileiros querem soldar no calor de um porre

França: Macron e Le Pen disputarão segundo turno - A votação está marcada para 7 de maio

França: onde o trabalho parece castigo - Se os franceses querem atingir o nível de seus vizinhos, resmunguem menos e trabalhem mais

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: