Morre empresário Ingo Doubrawa, da Docol

Ele presidiu a companhia entre 1988 e 2016

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Morre empresário Ingo Doubrawa, da Docol

O empresário Ingo Doubrawa morreu na tarde de quinta-feira (6) em Joinville. Segundo informações divulgadas pelo jornal A Notícia, ele estaria na empresa da família, a Docol Metais Sanitários, quando passou mal. Doubrawa atuou na Docol por mais de 40 anos e presidiu a companhia entre 1988 e 2016, quando passou o cargo para o genro Guilherme Bertani. Ele deixa a esposa, uma filha e dois netos. Ingo era filho de Edmundo Doubrawa, que fundou a empresa ao lado do irmão Egon, que morreu em maio do ano passado, e de Amandus Colin. 

“Discreto e simpático descendente de imigrantes da República Tcheca, ele foi um gigante na difusão do uso racional da água e na busca de tecnologias com esse objetivo. O empresário foi cônsul honorário da República Tcheca em Santa Catarina e vice-presidente da Associação Empresarial de Joinville (Acij) até junho do ano passado”, relata o colunista Claudio Loetz.

A Docol foi pioneira e é líder no Brasil na fabricação de produtos economizadores de água. É a maior exportadora de metais sanitários da América Latina, com presença em mais de 40 países. A companhia, que completou 60 anos em 2016, se projetou pelo empreendedorismo, inovações tecnológicas e promoção da preservação do meio ambiente por meio das suas torneiras que permitem redução média de 70% no uso de água quando comparadas com itens sem esses dispositivos.


leia também

comentarios




Valdecir

Homem muito honesto e comprometido com a ética e bons costumes. Foi discreto e um bom patrão. Trabalho na empresa faz mais de 30 anos.

Comentar

Adicione um comentário: