Tupy investirá R$ 79 milhões em Joinville

Companhia catarinense está com 150 vagas de trabalho abertas

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Tupy investirá R$ 79 milhões em Joinville, anuncia o presidente Luiz Tarquínio Sardinha Ferro

A Tupy vai investir R$ 79,3 milhões na unidade de Joinville neste ano. O anúncio foi feito por Luiz Tarquínio Sardinha Ferro (foto), presidente da companhia, ao jornalista Cláudio Loetz, colunista do diário A Notícia. Os recursos serão utilizados na melhoria da eficiência operacional, sustentabilidade e em áreas de segurança e de meio ambiente, principalmente. “No total, a metalúrgica vai aplicar R$ 145 milhões no conjunto de suas operações, incluindo a unidade instalada no México”, informa o colunista. A empresa está com 150 vagas de trabalho abertas na fase de processo de recrutamento e seleção. 

Ferro também analisou o desempenho da companhia no ano passado. “De 2015 para 2016, em tonelagem, o mercado interno teve retração de 17%. No segmento automotivo, o recuo chegou a 19%. É algo muito pesado”, avaliou. “As receitas caíram 5%. Eram R$ 3,4 bilhões em 2015 e recuaram 5%, para R$ 3,2 bilhões. No mercado nacional, a queda foi de 12,4% e, no exterior, pouco mais de 3%. No México, um cliente específico do segmento off-road [máquinas para a área de implementos agrícolas, para mineração e construção] não correspondeu ao esperado”, detalhou. 


leia também

A crise invejável da Liderança Serviços - Crescimento da empresa será de “apenas” 8% neste ano

A necessidade de controlar a internet nas empresas - O mau uso pode causar até mesmo demissão por justa causa

Ações da Marcopolo podem valorizar mais de 50% - Fabricante de ônibus faz parte da carteira da Planner

As empresas precisam valorizar a ética - A falta de um documento que liste regras pode trazer problemas para a gestão

As novas carreiras do marketing digital - Estatísticos e engenheiros podem se beneficiar na área

Balanço ruim da Bematech pode prejudicar papéis - Companhia paranaense teve queda de receita no segundo semestre

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: