Por qual razão é tão difícil manter os funcionários engajados?

Comportamento, valores, clareza na comunicação e ambiente são fundamentais

Por Bernt Entschev

Por qual razão é tão difícil manter os funcionários engajados?, pergunta Bernt Entschev

Engajamento, de acordo com o dicionário Aurélio, significa envolver ou envolver-se politicamente ou ao serviço de uma causa. No entanto, por qual razão é tão difícil conseguir o engajamento dos funcionários?  Vamos destacar quatro pontos em uma organização para que o colaborador possa sentir-se como parte da organização: comportamento, valores, clareza na comunicação e ambiente de trabalho. 

As chamadas características individuais de cada pessoa interferem no engajamento. Cada profissional possui sua índole e perfil. O bom líder é aquele que identifica esse conjunto de características pessoais e sabe interagir e conduzir os processos de forma produtiva.  Além disso, as pessoas têm aptidões naturais que não são necessariamente iguais de outra pessoa.  

O segundo ponto a destacar são os valores. Cada empresa precisa ter um conjunto de crenças, o que forma a conduta da organização. De tal forma que, quando se tem um determinado valor, é possível gerar determinado comportamento. Por isso, os colaboradores devem se manter sempre alinhados com os valores da empresa. 

A falta da clareza da comunicação é uma das falhas nas empresas. Quando se tem a cultura da organização bem definida e assimilada, somada ao fato de ser transparente nas informações, os processos são fáceis de serem absorvidos. E por fim, o local de trabalho. As companhias precisam oferecer um ambiente agradável, onde as pessoas possam confiar umas nas outras e que tenham condições ergométricas adequadas.

Para ter engajamento, portanto, procure adquirir estes mesmos valores ou processar os mesmos valores da empresa onde você trabalha. E também tenha os mesmos objetivos elencados pela companhia.  Assim, você começa a se sentir parte de uma família profissional.


leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: