Novartis amplia produção de genéricos no Paraná

Unidade de Cambé recebeu aporte de R$ 54 milhões

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Laboratório da Novartis

A Novartis passou a ter desde o fim de fevereiro uma nova linha de produção de medicamentos sólidos na fábrica de Cambé, na Região Metropolitana de Londrina, no norte do Paraná. Com a nova plataforma, a companhia amplia em 25% a capacidade de produção de medicamentos genéricos sob a marca Sandoz no Brasil. A nova linha fecha um ciclo de R$ 54 milhões em investimentos na expansão e melhoria da planta industrial. 

A nova linha produzirá 26 dos 240 produtos processados na planta paranaense. Nos últimos anos, a fábrica registrou um aumento de produção de cerca de 10% ao ano, impulsionado por excelência operacional e capacitação técnica de funcionários. A unidade de Cambé abastece o mercado brasileiro, além de exportar para países da América Latina e Europa. A ampliação da unidade de Cambé está em linha com o crescimento das vendas da companhia na América Latina, que foi de 11% em 2016. No ano, a empresa atingiu vendas globais recordes de US$ 10,1 bilhões. 

A fábrica de Cambé faz parte da Novartis Technical Operations (NTO), complexo operacional com 67 unidades produtivas no mundo, que abastece todas as divisões da organização, desde medicamentos genéricos até os inovadores – farmacêuticos e oncológicos. 


leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: