Guerra apresentará plano para evitar falência

Assembleia geral reunirá credores em 23 de março

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Guerra apresentará aos credores plano para evitar falência

A Guerra (foto) apresentará aos credores seu plano de reestruturação para evitar a falência após mais de um ano e meio do pedido de recuperação judicial. A reunião será no dia 23 de março, em Caxias do Sul. Se não tiver o quórum necessário para submeter o plano à análise de quem tem direito a receber, uma segunda convocação está marcada para 30 de março. Além de estabelecer prazos para o pagamento dos credores, o plano da Guerra prevê um empréstimo de R$ 35 milhões de um fundo americano. A primeira parte, de R$ 19 milhões, já foi liberada pela companhia. Outros R$ 15 milhões foram condicionados a aprovação do plano de recuperação. 

O prazo para que os credores apresentem alguma rejeição ao plano termina nesta quinta-feira (2), mas Cristiano Franke, que administra a recuperação judicial da Guerra, recorda que podem ser sugeridas alterações durante a assembleia. Quando a empresa entrou com o pedido de recuperação em julho de 2015, tinha 129 milhões de dívidas em reais, 448 mil em dólares e 82 mil em euros. São mais R$ 100 milhões de dívidas de credores que não se submetem à recuperação judicial, totalizando R$ 230 milhões. Ao todo, foram levantados 747 credores do período, a maior parte de fornecedores. O laudo de avaliação de bens apontou um montante total de R$ 148 milhões, incluindo as duas unidades fabris (na BR-116, em Caxias, e a unidade de Farroupilha). 


leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: