Sierra Móveis deve construir fábrica no Sul catarinense

Aporte de R$ 70 milhões teria como destino o município de Laguna

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Gaúcha Sierra Móveis deve ter fábrica em Laguna, no Sul catarinense

A empresa gaúcha Sierra Móveis quer expandir suas atividades e instalar uma unidade de produção em Santa Catarina. O vice-governador Eduardo Pinho Moreira e o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), Carlos Chiodini, receberam do presidente da Sierra, Luiz André Tissot, para tratar o projeto de instalação. “Os investimentos são de R$ 70 milhões e o interesse da empresa é se instalar no Sul do Estado, possivelmente em Laguna (foto)”, afirmou Moreira.

As tratativas começaram em outubro do ano passado, com a visita do secretário da SDS à sede da Sierra, em Gramado (RS). “Inicialmente serão gerados 200 empregos diretos, com possibilidade de expansão para mil empregos. Na primeira etapa será instalada uma fábrica de esquadrias para, em um segundo momento, ampliar a unidade com fabricação de móveis”, explica Chiodini.

Para o presidente da Sierra, Laguna seria o local ideal, pela questão logística e operacional. “Visitamos outros Estados, como Goiás e Mato Grosso do Sul, mas estamos optando por Santa Catarina pela proximidade com a sede da indústria, pelos portos, por oferecer mão de obra qualificada e pelos incentivos do governo estadual”, revela Tissot. A Sierra possui mais de 80 lojas em todo Brasil e exporta para oito países.


leia também

As cidades do Sul com a melhor situação fiscal - Ortigueira, Bombinhas e Gramado lideram o ranking na região

Campus Party debate cidades inteligentes - O conceito ainda é considerado novo no Brasil

O que é que Canela tem? - A escritora paulista Celina Moraes viu na cidade inspiração para outros municípios que querem atrair turistas

Raízen tem nova operação no aeroporto de Canela - Ponto de abastecimento de aeronaves é o terceiro no Rio Grande do Sul

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: