Bancos não poderão cobrar juros de mercado por atrasos em pagamentos

Para o BC, exigência trará mais uniformidade às operações de crédito e tornará as regras mais claras para os clientes

Por Agência Brasil

Bancos não poderão cobrar juros de mercado por atrasos em pagamentos, afirma BC

A partir de setembro, as instituições financeiras não poderão mais cobrar juros de mercado por atrasos em pagamentos. O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou resolução que proíbe a cobrança de taxas de mercado.

Hoje os bancos podem cobrar multa, juros de mora (juros punitivos por dia de atraso) e juros remuneratórios sobre parcelas em atraso. Em relação aos juros remuneratórios, os bancos tinham a liberdade de fixar a taxa com base nos juros definidos na assinatura do contrato ou nas taxas de mercado, cobrada sobre as novas operações.

De acordo com o Banco Central, a nova exigência trará mais uniformidade às operações de crédito e tornará as regras mais claras para os clientes. No atual momento de queda dos juros, no entanto, a nova regra prejudica os clientes porque as taxas de mercado (dos novos contratos) estão mais baixas do que os juros do momento em que o crédito foi tomado.


leia também

A crise no terceiro parceiro comercial do Sul - Casa Rosada anuncia pacote econômico. Indústria brasileira começa a evitar vendas a prazo na Argentina

A superfície e as profundezas da economia - Retomada poderá ser difícil dada a situação financeira empresarial

Anefac: juros sobem pelo 16º mês seguido - Bancos elevam taxas para compensar aumento da inadimplência

Banco Central anuncia ações para baixar custo do crédito - Goldfajn confirmou que será proposta a cobrança de preços diferenciados para pagamentos em dinheiro e cartão de crédito

Banco Central indica corte menor de juros - Copom também prevê fim gradual do ciclo de reduções

Banco Central prevê queda do PIB de 3,3% este ano - A inflação, medida pelo IPCA, deve ficar em 6,9%

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: