Engie registra leve queda da receita em 2016

Em compensação, lucro líquido avançou 3%

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Engie registra leve queda da receita em 2016

A redução do consumo e a contração da economia brasileira fizeram com que a receita líquida de vendas da Engie Brasil (foto) reduzisse 1,1% para R$ 6,4 bilhões. Mesmo assim, a companhia conseguiu registrar um lucro líquido de R$ 1,5 bilhão, valor 3,1% superior ao obtido em 2015. 

O diretor-presidente da Engie Brasil Energia, Eduardo Sattamini, destacou que esse desempenho deve-se, essencialmente, à combinação de alguns fatores. “O efeito da estratégia de contratação de longo prazo  — que garantiu a sustentação da receita de vendas ante a crítica situação da economia —, com o baixo endividamento líquido no decorrer do ano; a redução do consumo de combustível para geração de energia — em virtude do menor despacho termelétrico; o declínio no volume de compras de energia para revenda; e o reconhecimento de redução de valor recuperável de ativos ligados à termogeração”, listou. 

Alinhada com a estratégia de descarbonização da empresa, a Engie contratou o Banco Morgan Stanley para identificar potenciais compradores para seus dois ativos de geração de energia a carvão: o Complexo Termelétrico Jorge Lacerda, localizado em Capivari de Baixo (SC), e a Usina Termelétrica Pampa Sul, em construção no município de Candiota (RS). Antes disso, em 2016, a empresa encerrou a operação da Usina Termelétrica Charqueadas, também no Rio Grande do Sul. 


leia também

BRDE financia R$ 31,5 milhões para a Mina do Seival - Pampa Sul I receberá o minério explorado em Candiota

Engie adquire empresa de iluminação pública Sadenco - Companhia catarinense quer alavancar PPPs com o poder público

Engie busca potenciais compradores para ativos de carvão no Brasil - Morgan Stanley vai assessorar vendas do Complexo Termelétrico Jorge Lacerda e da Usina Termelétrica Pampa Sul

Engie tem lucro de R$ 450,7 milhões até março - Redução de despesas financeiras influenciou resultado

Governo busca novos aportes para o carvão do RS - Copelmi planeja instalar parque carboquímico de mais de R$ 13 bi

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: