CVM manda Kepler refazer contrato de venda com a AGCO

Multinacional anunciou que fecharia o capital da fabricante de silos

Da Redação

redacao@amanha.com.br

CVM trava compra da Kepler Weber pela AGCO

A Kepler Weber (foto) divulgou um comunicado na terça-feira (15) dando conta que a multinacional norte-americana AGCO terá de refazer a proposta de compra divulgada na semana passada. O problema apontado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) é o anúncio antecipado de que a AGCO pretende fechar o capital da Kepler. De acordo com a CVM, a Oferta Pública de Ações (OPA) para cancelamento de registro de companhia aberta só pode ser formulada pela companhia emissora de ações, o acionista controlador ou a sociedade que a controle, direta ou indiretamente – ou seja, a própria a Kepler e não a AGCO. Outro problema é que empresa fez, ao mesmo tempo, duas ofertas públicas, o que também não é permitido. Uma foi para aquisição do controle e outra para o fechamento do registro na Bovespa. A proposta feita pela AGCO foi de R$ 578,9 milhões (R$ 22 por ação). 

Na sexta-feira (10), a AGCO, proprietária das marcas Massey Ferguson e Valtra, anunciou que havia feito acordo para comprar a totalidade de ações da Previ e da BB Investimentos, duas sócias da Kepler. A empresa condicionou o negócio à aquisição posterior da totalidade de ações da fabricante de silos em mãos de outros investidores. A AGCO poderá assumir a liderança no mercado brasileiro de armazenagem de grãos, já que também é dona da GSI, de Marau (RS), que atua no mesmo segmento. 

leia também

AGCO anuncia compra da dinamarquesa Cimbria - Multinacional, que tem plantas no Sul, pagou cerca de R$ 1 bi pelo negócio

AGCO anuncia Werner Santos como VP de vendas - Executivo possui MBA em marketing pela ESPM

AGCO compra fatia do BB e Previ na Kepler Weber - A dona da Massey Ferguson deverá ter 65% do capital da Kepler

AGCO tem novo diretor de operações para Santa Rosa - Denis Oliveira é formado em engenharia pela USP

Aurora amplia capacidade de armazenagem de grãos - Cooperativa investe mais de R$ 20 milhões em silos no MS

Brasil deve ter neste ano safra 29,2% maior do que em 2016 - As três principais lavouras de grãos deverão ter crescimento

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: