As maiores pagadoras de dividendos que você deve ter

Dividend yield da Sanepar pode chegar a 10%, aponta Leme Investimentos

Por Infomoney

As maiores pagadoras de dividendos que você deve ter

Investir em ações de dividendos pode ser um bom caminho para quem vai tentar a sorte na bolsa. Esses papéis costumam ser menos voláteis e geram renda ao investidor, o que faz com que muitas pessoas fiquem de olho neles, especialmente investidores de longo prazo. O InfoMoney conversou com o analista João Pedro Brugger, da Leme Investimentos, que listou quatro bons papéis de dividendos que vale a pena ter na carteira.

1 – Telefônica Brasil (VIVT4)
A empresa é parte de um dos maiores conglomerados de comunicação, informação e entretenimento do mundo. No Brasil, ela conta com quase 20 mil colaboradores e presença em mais de 3,7 mil cidades – chegando assim a um total de 91 milhões de clientes, desde o início de suas operações no país, em 1998. Brugger destaca que é uma empresa que tem uma receita mais previsível e ainda está em um setor que teve crescimento muito forte nos últimos anos. “Embora seja um papel um pouco mais caro em termos de valuation, a Telefônica Brasil é a maior empresa do setor no país e tem vários serviços que agregam valor”, aponta o analista. O dividend yield do papel está na casa dos 9%, de acordo com o especialista.

2 – AES Tietê (GETI4)
A companhia é uma geradora de energia, sendo a terceira maior companhia do setor no país, com atuação desde 1999 gerando comercializando energia elétrica. A companhia possui usinas hidrelétricas e pequenas centrais elétricas em São Paulo, chegando a um total de 2.658 MW de capacidade instalada. Apesar de a empresa não ter uma grande diversificação de fontes alternativas de energia, Brugger elogia o histórico conservador com sua capacidade de entregar resultados sólidos e constantes ao longo dos anos, mesmo com os problemas recentes de chuva. “Ela sofre, em 2015, como outras empresas do setor, em termos de rentabilidade, mas pode ter uma valorização. Além disso, o yield do papel é bem interessante, de 13,5%”, afirma o analista.

3 – Tractebel (TBLE3)
A Tractebel atua na implantação e operação de usinas geradoras de eletricidade e também é um agente ativo na atividade de comercialização. A empresa é a maior geradora privada de energia no Brasil e ela possui usinas em todas as regiões do país, com uma capacidade instalada de 7.027,2 MW. “Historicamente, a companhia é uma boa pagadora de dividendos. Apesar de não ser uma empresa tão barata em termos de valuation, ainda tem potencial de alta, ainda mais com a alta do preço de energia e com sua diversificação em fontes alternativas de energia elétrica”, relata Brugger. Para o analista, empresas com diversificação em energia renovável devem colher os frutos dessa escolha no longo prazo. O dividend yield do papel está em 4,5%.

4 – Sanepar (SAPR4)
A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) atua com a prestação de serviços de fornecimento de água tratada, coleta e tratamento de esgoto sanitário e coleta seletiva e destinação de resíduos sólidos, com operação em 345 municípios do Paraná e mais um de Santa Catarina. A empresa oferece água tratada para 10,4 milhões de pessoas e 6,7 milhões são atendidas com coleta e tratamento de esgoto. O analista da Leme Investimentos aponta que a companhia tem apresentado resultados consistentes nos últimos anos e que os papéis caíram nos últimos meses por conta da falta de chuvas – problema que foi amenizado. “É uma boa pagadora de dividendos, com yield próximo de 10%, mesmo que não seja um papel tão líquido, vale a pena ter em carteira”, diz Brugger.



leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: