Como a resiliência molda os bons líderes

Eles são capazes de dar respostas mais eficientes diante de diversas situações

Por Bernt Entschev

Bernt Entschev explica como a resiliência molda os bons líderes

A resiliência é a capacidade de lidar bem com problemas inesperados e mudanças não planejadas. É uma palavra que ganhou espaço nos últimos anos. Isso não acontece por acaso. Pessoas resilientes apresentam facilidade na tomada de decisões e desenvolvem mais a produtividade. Por isso, os gestores de capital humano estão sempre em busca de profissionais que tenham essa característica, principalmente para cargos de liderança. 

Confira algumas capacidades das pessoas resilientes e entenda a razão do interesse que elas geram:

•  São pessoas que administram bem suas emoções. Não deixam que os imprevistos tirem seu foco do trabalho e dos objetivos;

•  Esses profissionais controlam mais seus impulsos. Mesmo sob pressão, conseguem manter-se calmos e olhar com frieza para a situação. Isso é decisivo na hora de uma negociação e na tomada de decisões em períodos de crise;

•   São pessoas naturalmente otimistas. Continuam firmes em seu propósito e conseguem ver o lado bom das situações. Isso acaba influenciando de forma positiva a equipe;

•   Possuem capacidade de analisar o ambiente de forma objetiva. Captam as informações e são atentos aos detalhes. Isso ajuda a reagir adequadamente diante do inesperado;

•   Cultivam a empatia, ou seja, conseguem perceber como os outros estão se sentindo. Com isso, são capazes de dar respostas mais eficientes e corretas diante de diversas situações envolvendo os colegas de trabalho e clientes;

•   Os resilientes confiam muito em suas habilidades. Eles acreditam realmente que são capazes de solucionar os problemas. Por isso, não temem imprevistos. 

Por tudo isso, profissionais resilientes são respeitados e seguidos. Eles alcançam mais facilmente cargos de gestão. Se você não percebe em si essas características, que tal começar a ler a respeito e buscar atitudes que estimulem a resiliência? Você só tem a ganhar. 


leia também

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: