Cade condena cartel no mercado de leite no RS

Elegê deverá pagar multa de R$ 2 milhões

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Cade condena cartel no mercado de leite no RS

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) condenou seis empresas por formação de cartel no mercado de leite em Pelotas (RS). De acordo com a autoridade antitruste, as participantes definiam o preço do leite na região de atuação. As envolvidas buscavam pressionar os pequenos produtores responsáveis pelas usinas concorrentes menores a se adequar ao comportamento das maiores empresas, com ameaças para implementar preço predatório caso eles não participassem do conluio. A Elegê recebeu a maior multa que deverá ser de R$ 2 milhões. As demais penalidades, aplicadas a cooperativas locais e um sindicato, totalizam R$ 614 mil.



leia também

Lactalis confirma aporte de R$ 104 milhões no Sul - Empresa também transferirá a matriz para Porto Alegre

Piá inaugura a ampliação de sua nova fábrica de iogurtes - Cooperativa gaúcha investiu R$ 85 milhões na unidade

comentarios




Eduardo Amaro

Só mencionaram a Elegê como participante do cartel. Por qual razão não mencionaram as outras cinco e qual sindicato, inclusive com o nome do presidente? Uma das razões da resistência da inflação nesse país, mesmo nos períodos de crise econômica como o atual, é a força dos oligopólios que seguidamente vão além e formam cartéis.

Samuel

Realmente faltou informar as demais. Quais foram?

Comentar

Adicione um comentário: