Governo vai liberar R$ 8,2 bi para pequenos empresários

Um dos objetivos é estimular a geração de empregos

Por Agência Brasil

O governo federal vai disponibilizar R$ 8,2 bilhões em crédito para pequenos empresários nos próximos dois anos

O governo federal vai disponibilizar R$ 8,2 bilhões em crédito para pequenos empresários nos próximos dois anos. Os recursos liberados são do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) e do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O objetivo é reduzir a inadimplência das empresas de menor porte e estimular a geração de empregos.

As medidas foram anunciadas pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), durante o lançamento do programa Empreender Mais Simples: menos burocracia, mais crédito. Por meio de convênio firmado com o Banco do Brasil e a Receita Federal, o Sebrae investirá R$ 200 milhões em sistemas para simplificar o processo de gestão do pequeno empreendedor.

Serão desenvolvidos 10 sistemas que pretendem reduzir o tempo, a burocracia e a complexidade no cumprimento das obrigações previdenciárias, tributárias, trabalhistas e de formalização. O projeto prevê a abertura de novas linhas de financiamento para as microempresas. O acesso ao crédito ocorrerá sob acompanhamento e consultoria do Sebrae.

As mudanças começarão a ser implementadas a partir de fevereiro e devem ser concluídas em 2018. Cerca de 150 mil empresas devem ser beneficiadas com as medidas.


leia também

As grandes oportunidades para empreender em 2017 - Sebrae revela onde estão os negócios mais promissores no país

Catarinense Voe Ideias busca consolidação no RS - Empresa promoverá ações de marcas nacionais interessadas no Estado

Como pequenas empresas podem inovar? - Para o Sebrae, pensar a partir das necessidades do cliente auxilia quem não tem tantos recursos para investir

Darci Piana presidirá Conselho Deliberativo do Sebrae-PR - Novo presidente substituirá Ágide Meneguette

Etapa paranaense do MPE Brasil condecora 6 empresas - Cases passam a ser referência para outras companhias

Fiesc lança Câmara de Desenvolvimento de MPEs - Empresas desse porte respondem por 35,1% do PIB de Santa Catarina

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: