Ford aceita pagar R$ 216 milhões ao Rio Grande do Sul

Acordo foi homologado pelo STJ e encerra disputa de 16 anos

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Ford aceita pagar R$ 216 milhões ao Rio Grande do Sul

O Estado do Rio Grande do Sul e a Ford chegaram a um acordo, que foi homologado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) na terça-feira (22). O novo pacto estabelece o pagamento de R$ 216 milhões pela montadora ao cofre gaúcho. A data do pagamento, que deve ser parcelado, ainda não foi divulgada. 

O processo, ajuizado em fevereiro de 2000, se refere à indenização pedida pelo ex-governador Olívio Dutra (PT) devido à desistência da empresa de instalar uma fábrica de automóveis em Guaíba.  A Ford tinha recebido a primeira das parcelas relativas a um financiamento de R$ 210 milhões estabelecido com o Banrisul, além de o governo ter investido na área que receberia a montadora, quando decidiu levar a fábrica para a Bahia (foto).

Em primeira instância, a montadora deveria pagar mais de R$ 160 milhões ao Rio Grande do Sul (o valor poderia passar da casa do bilhão, se corrigido). Após o Tribunal de Justiça, que estimou um valor de indenização de R$ 22,7 milhões (não corrigidos), o caso foi para julgamento no STJ. O atual governador José Ivo Sartori (PMDB), preferiu negociar diretamente com a Ford.  

leia também

Insensato brilhante II - Ford: talentoso e teimoso como tantos outros empresários que fizeram história

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: