Dólar segue em alta mesmo com atuação do BC

Bovespa perdeu quase 4% na semana em que Trump foi eleito

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Dólar segue em alta mesmo com atuação do Banco Central

A atuação do Banco Central (BC) nesta sexta-feira (11) até ajudou a conter a alta do dólar frente ao real, mas não foi suficiente para anular a valorização da moeda norte- americana, que fechou em alta pelo terceiro pregão consecutivo. O dólar chegou a reduzir a valorização após o leilão, mas fechou em alta de 1% a R$ 3,3952, maior patamar desde 21 de junho. Com isso, a divisa norte-americana encerra a semana em alta de 5%. Em novembro, a moeda já valorizou 6,4%. No ano, o dólar acumula uma queda de 14,1%.

A incerteza em relação à política econômica de Donald Trump tem provocado um reposicionamento dos investidores no mercado global de bônus, com os investidores vendendo papéis de mercados emergentes para cobrir perdas com as altas das taxas dos títulos americanos. Isso fez o dólar se valorizar frente às principais divisas emergentes. 

A mesma dúvida paira no mercado de ações. Diante das incertezas, os investidores estão reduzindo suas posições. Por isso, o Ibovespa encerrou o pregão com queda de 3,3% aos 59.184 pontos. O giro financeiro ficou em R$ 13,6 bilhões. Nesta semana, o índice acumula baixa de 3,9% e de 8,8% no mês. Porém, no ano a bolsa de valores ainda sobe 36,5%. Entre as ações mais negociadas, os destaques de alta ficaram com os papéis Marfrig, que tiveram alta de 9,8%, seguidos pelas ações da Fibria, com alta de 7,6%. Entre as maiores quedas estão os papéis da Copel, com baixa de 12,3%, as ações ordinárias da Rumo Logística, com baixa de 9,6%, e os papéis da Sabesp, que tiveram desvalorização de 10,3%.


leia também

Dilma diz que sofreu segundo golpe de Estado na vida - Ex-presidente afirmou que recorrerá contra o que chamou de “fraude”

A briga dos EUA com a China beneficiará o Brasil? - Os dois países têm estratégias claras e mercados consumidores imensos

A Cetip é a ação de dividendos mais indicada para compra - Cinco corretoras recomendam o papel da empresa do setor financeiro

A China fez o que o mercado queria - Corte de juros era algo esperado, mas ainda não é suficiente para ajudar na recuperação econômica, afirmam especialistas

A crise no terceiro parceiro comercial do Sul - Casa Rosada anuncia pacote econômico. Indústria brasileira começa a evitar vendas a prazo na Argentina

A estabilidade do funcionalismo público é mesmo necessária? - O tema é particularmente importante no contexto de ajuste fiscal, avalia Zeina Latif

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: