CPFL Energia assume operação da AES Sul

Grupo não descarta novas aquisições na região

Por Dirceu Chirivino

dirceu@amanha.com.br

CPFL Energia assume operação da AES Sul

A CPFL reuniu a imprensa na manhã desta quinta-feira (3) para dar detalhes da compra da AES Sul, que passa a se chamar RGE Sul. Luiz Henrique Pereira Pinto, vice- presidente de Operações Regulares da CPFL Energia, e José Carlos Saciloto Tadiello, novo presidente da RGE Sul, projetaram investimentos no Rio Grande do Sul. 

Com a aquisição,  a companhia passa  a fornecer 65% da energia de todo o Estado.  “Seremos parceiros do Estado”, promete Luiz Henrique, enfatizando que o Grupo CPFL trará melhorias para a infraestrutura gaúcha. Quando perguntado sobre um eventual interesse pelos ativos da CEEE, Luiz Henrique afirmou não descartar novas incorporações, desde que elas atendam as estratégias de mercado da CPFL. 

A CPFL projeta investir cerca de R$ 1 bilhão em três anos no Rio Grande do Sul, valor que será aplicado na melhoria das condições operacionais da concessionária.  Aportes em automação, novas subestações e a substituição de postes de madeiras por postes de concreto serão algumas das providências. Com isso, a empresa se habilitará a reparar em menor tempo os estragos provocados pelos temporais. Em um primeiro momento, a RGE Sul voltará seu foco para as operações nas cidades de São Leopoldo, Novo Hamburgo e Canoas. 

leia também

AES Sul passará a se chamar RGE Sul - CPFL deve aportar R$ 1 bi na rede elétrica da concessionária gaúcha

Confira cinco ações para lucrar com dividendos - Planner retirou recomendação de compra para Tractebel

Luiz Thomé assume gestão de pessoas na CPFL Energia - Trajetória inclui cargos na Ambev e Gol

RGE tem novo presidente - Roberto Sartori assume lugar de Ricardo Siufi

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: