Fed decide manter taxa de juros entre 0,25% e 0,5%

BC dos Estados Unidos sinaliza que alta está mais próxima

Da Redação

redacao@amanha.com.br

O Fomc (Federal Open Market Committee, o Banco Central dos Estados Unidos) anunciou nesta quarta-feira (2) que decidiu manter a taxa de juros entre 0,25% e 0,5%. Essa decisão já era aguardada pelos agentes econômicos. O BC norte-americano declarou que, no entanto, que o movimento de alta de juros no futuro está cada vez mais forte. O Fomc, porém, não afirmou quando isso ocorrerá.

A autoridade monetária revelou que vai aguardar mais um tempo para colher mais subsídios sobre a atividade econômica no país. Conforme o comunicado, a inflação vem se desacelerando desde o início de 2016. “O comitê julga que o caso de um aumento na taxa continua. Porém, decidiu, por enquanto, esperar por mais evidências de progresso contínuo em direção a seus objetivos”, relata o documento emitido após a reunião.


leia também

A China fez o que o mercado queria - Corte de juros era algo esperado, mas ainda não é suficiente para ajudar na recuperação econômica, afirmam especialistas

A punição virá das gôndolas? - A tentativa de boicote às marcas do Grupo J&F

Ação da Braskem segue quebrando recordes - Alta do dólar e queda dos preços do petróleo beneficiam empresa

Agosto, o pior mês do ano para o Ibovespa - Bolsa acumula queda de 24,6% e dólar comercial totaliza alta de 33%

Anefac: juros sobem pelo 16º mês seguido - Bancos elevam taxas para compensar aumento da inadimplência

Ano novo, vida nova? Nem tanto - O cenário econômico brasileiro deve permanecer instável em 2016

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: