BRF vê o lucro minguar no terceiro trimestre

Custos mais altos do milho influenciaram no resultado

Por Dirceu Chirivino

dirceu@amanha.com.br

BRF vê o lucro minguar no terceiro trimestre

Abalada pelos custos mais altos do preço do milho, principal insumo da companhia, a Brasil Foods (foto) obteve uma queda expressiva de 97% do lucro líquido no terceiro trimestre. A empresa lucrou R$ 18 milhões no período, ante R$ 877,1 milhões no mesmo intervalo do ano passado.

Entre julho e setembro, a receita líquida aumentou 2,7% para R$ 8,5 bilhões. A recuperação gradual dos preços do frango no mercado internacional, que vinha se registrando no terceiro trimestre, foi francamente neutralizada pela apreciação do real no mesmo período. Esse fenômeno se refletiu nos resultados da BRF, líder das exportações de frango do Brasil.

Com uma fatia de cerca de 40% das vendas da BRF, o mercado interno foi um dos responsáveis pelos resultados negativos da companhia. O volume de vendas da empresa no Brasil amargou uma queda de quase 7%, para 516 mil toneladas. Em comunicado à imprensa, os executivos Abilio Diniz, presidente do Conselho de Administração, e Pedro Faria, CEO global da empresa catarinense, admitem que  o ambiente de negócios se mostrou mais adverso do que o esperado. 



leia também

Agora quem não quer sou eu - E quando a empresa pisa na bola e compromete a imagem da celebridade que a endossa?

Alexandre Almeida comandará a BRF no Brasil - Companhia catarinense também anunciou outras mudanças

Brasil Foods cria subsidiária para mercados muçulmanos - A Sadia Halal poderá atuar em países ainda não atendidos pela empresa

Brasil Foods investe US$ 16 milhões na Malásia - Companhia quer expandir presença no sudeste asiático

Brasil Foods, a queridinha dos fundos de investimento - Empresa catarinense atrai 75% do total aportado no setor de alimentos

Brasil pode perder até R$ 2 bi por escândalo da carne - AEB leva em conta a redução de preços e a perda de mercado

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: