BRF adquirirá US$ 20 milhões em ações da Cofco

A empresa produz alimentos de origem suína na China

Da Redação

redacao@amanha.com.br

BRF adquirirá US$ 20 milhões em ações da Cofco

A Brasil Foods (foto) comunicou nesta terça-feira (18) que sua controlada BRF GmbH e a Cofco Meat celebraram um acordo de investimento. O contrato prevê que a BRF adquirirá US$ 20 milhões em ações na oferta global que a COFCO fará na Bolsa de Valores de Hong Kong. Estima-se que a listagem ocorrerá no início de de novembro.

A Cofco Meat é uma produtora de alimentos de origem suína em rápido crescimento na China, com operações verticalmente integradas operando em todas as cadeias desse segmento de indústria. A COFCO Meat possui 47 granjas de suínos, além de duas plantas de abate e duas plantas de carnes processadas, todas na China. 

“Essa transação está em linha com o plano estratégico de globalizar a companhia, acessando mercados locais, fortalecendo as marcas da BRF, distribuindo e expandindo seu portfólio de produtos ao redor do globo”, escreve José Alexandre Carneiro Borges, diretor vice-presidente de finanças e relações com investidores da companhia catarinense.


leia também

15 anos da China na OMC - Poderá o Brasil enfrentar o seu maior parceiro comercial?

A briga dos EUA com a China beneficiará o Brasil? - Os dois países têm estratégias claras e mercados consumidores imensos

A China atenuará o pânico em torno de sua economia? - Preocupação é se o país manterá crescimento abaixo de dois dígitos

A China é economia de mercado, quer queiramos ou não - Não podemos imaginar que ganharemos algo confrontando a maior economia do mundo com argumentos frágeis

A China fez o que o mercado queria - Corte de juros era algo esperado, mas ainda não é suficiente para ajudar na recuperação econômica, afirmam especialistas

A China rural não existe mais - A mudança do modelo de crescimento econômico continuará elevando as demandas do país mais populoso do mundo

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: