Vivo quer ser o “Netflix dos celulares”

Operadora lança aplicativo em parceria com Vivendi

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Studio+, serviço de vídeo da Vivo e Vivendi

A Telefônica Vivo apresentou uma nova plataforma de streaming de vídeo que promete ser o “Netflix dos celulares”. A iniciativa é uma parceria da empresa com a francesa Vivendi e tem por objetivo reforçar a aposta nos chamados serviços de valor agregado (SVAs). 

Chamado de Studio+ (foto), o serviço terá séries com episódios de curta duração, produzidos, roteirizados e filmados com a intenção de serem vistos na tela do celular. Cada episódio tem uma duração média de apenas dez minutos e uma temporada completa, por sua vez, contará com 10 episódios. Quem contratar o serviço já terá à disposição 15 séries de diferentes gêneros.

“Essas características atendem às novas necessidades de uma geração que está sempre conectada, tem pouco tempo e quer cada vez mais conteúdo em vídeo com qualidade. Tratase de algo inovador e que reforça o posicionamento da Vivo em empresa digital”, afirma Christian Gebara, vice-presidente executivo de Marketing e Vendas da Vivo.  O aplicativo estará disponível no Brasil inicialmente apenas para clientes da Vivo. A operadora tem um contrato de exclusividade de três anos com a Vivendi, que é quem produz e banca as filmagens. 


leia também

Eduardo Carvalho assumirá presidência da Telefônica - Amos Genish liderará o comitê de estratégia da empresa

Fidelidade já - O que um bom programa de relacionamento precisa ter

Vivo cria vice-presidência para unificar estratégia digital - Novo setor será comandado por Ricardo Sanfelice

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: