Ibovespa atinge maior nível em dois anos

A alta do petróleo ajudou a elevar as ações da Petrobras

Da Redação

redacao@amanha.com.br

A alta do petróleo ajudou a elevar as ações da Petrobras

O Ibovespa, principal índice da bolsa de valores brasileira, chegou ao seu maior patamar em dois anos nesta quinta-feira (5). O índice fechou em alta de 1,5%, aos 60.254 pontos. Trata-se do maior nível desde 5 de setembro de 2014, quando encerrou em 60.682 pontos. A alta do petróleo e perspectivas positivas para a economia no país foram os fatos responsáveis por esse cenário. Pela primeira vez desde julho, o barril de petróleo Brent rompeu a barreira dos US$ 51,20, saindo de um cenário baixista. O barril encerrou em alta de 1,9%, em US$ 51,86. 

Entre os fatores positivos de hoje está o fato de alguns partidos da base governista terem fechado acordo a favor da PEC dos gastos. Além disso, a Câmara aprovou a urgência para o projeto de lei que altera regras para a regularização de recursos mantidos no exterior, a chamada repatriação.

As ações da Petrobras ficaram entre os destaques do dia. Os papéis PN subiram 3,9% (R$ 14,58) e os ON avançaram 3,1% (R$ 16,10). JBS ON (6,1%), Qualicorp ON (4,2%), Cosan ON (4,1%), Usiminas PNA (3,9%) e Gerdau Metalúrgica PN (3,7%) também tiveram alta significativa. Somente quatro ações tiveram quedas: BB Seguridade ON (-1,4%), Cielo ON (-0,8%), CPFL Energia ON (-0,2%) e Rumo ON (-0,1%).


leia também

A América Latina terá de aprender a crescer sem o impulso das commodities - As matérias-primas não terão um novo ciclo de alta de preços, apesar das altas nos primeiro trimestres do ano

Ação da Braskem segue quebrando recordes - Alta do dólar e queda dos preços do petróleo beneficiam empresa

Ações da Petrobras fecham abaixo de R$ 5 pela primeira vez em 13 anos - O Ibovespa encerrou o dia no menor nível desde março de 2009, no auge da crise do crédito imobiliário nos EUA

Acordo de leniência da Braskem avança - No ano passado, a petroquímica iniciou investigações internas

Após carnaval, BM&FBovespa fecha em queda - O discurso de Janet Yellen influenciou o mercado

As prováveis consequências do plano do PMDB na Bolsa - Setor educacional pode desvalorizar e celulose se beneficiar

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: