Novo smartphone da Quantum se esgota em 24 horas

Com modelo top de linha, empresa quer brigar com gigantes do mercado

Da Redação

redacao@amanha.com.br

Mal passada as primeiras 24 horas, o primeiro lote do Quantum Fly se esgotou. O smartphone foi lançado semana passada com a promessa de ser o modelo top de linha da novata Quantum, unidade de negócio da paranaense Positivo Informática, que entrou no mercado no final de 2015. Mirando um público de maior poder aquisitivo, o aparelho é mais um passo dado pela empresa para a consolidação da marca no concorrido mercado de celulares. Em um ano, a Positivo passou de 2,3% de market share para 6,1%.

É verdade que a quantidade colocada à venda no primeiro lote não foi revelada, mas os modelos Quantum parecem ter caído mesmo no gosto do público. Oferecidos somente no e-commerce, eles começam a ser vendidos também em lojas físicas neste mês. “Foi um pedido da rede varejista, que estava ávida por ele”, revelou Hélio Rotenberg, presidente da Positivo Informática, durante divulgação dos resultados do segundo trimestre. Na ocasião, o gestor reforçou a estratégia do grupo em ter um portfólio de smartphones mais completo, indo além dos produtos de entrada e intermediários.

O novo modelo é o primeiro passo. O Quantum Fly, sai por R$ 1,5 mil. A empresa posiciona o produto como high end (top de linha), com condições de oferecer o mesmo desempenho dos aparelhos de marcas renomadas como Apple e Samsung, mas com preço 50% inferior. O aparelho tem processador deca-core (com dez núcleos de processamento), 3 GB de memória RAM e 32 GB de espaço interno. Segundo avaliação do jornal Gazeta do Povo, a configuração permite usar o smartphone de forma rápida e sem travamentos ou bugs, mesmo com o aparelho lotado de aplicativos e arquivos. Porém, o modelo tem menos recursos que os modelos com os quais a própria Quantum se compara, o iPhone 6 e o Galaxy S6.



leia também

América Latina: o pote de ouro da YellowPepper - A start-up do setor móvel pretende ganhar milhões de clientes na região

Aplicativo da Anatel registra problemas com celulares - Usuário relatará falhas da operadora contratada por ele

Brasil entra na rota de pesquisa do grafeno - Mineral poderá ser aplicado em produtos como smartphones

Celular se consolida como meio de acesso à internet - E-commerce foi a finalidade que mais cresceu entre 2015 e 2016

Cliente pode bloquear celular roubado com número da linha - Basta registrar um boletim de ocorrência em uma delegacia

Fórum de TI do Banrisul segue com inscrições abertas - Evento debaterá o futuro da sociedade digital

comentarios




Fatima F.V.

Un artículo muy interesante. Muchas gracias por la info. Es lo que estaba buscando.

Comentar

Adicione um comentário: