Experiência tem seu preço – e está barato

Consultor Fábio Souza vê momento propício para contratação de seniores

Da Redação

redacao@amanha.com.br

A baixa demanda no mercado de trabalho tem proporcionado uma alta oferta de profissionais de extenso currículo com excelente formação e experiência consolidada. Para se manter atuantes, alguns deles estão aceitando salários menores ou mesmo atividades mais simples, próprias de início de carreira. Essas são algumas das constatações observadas pela consultoria De Bernt, de Curitiba, especializada em outplacement. 

“Muitas companhias estão aproveitando para contratar gestores com esse perfil que não estariam ao alcance delas em um período de crescimento econômico”, destaca Fábio Souza, consultor associado da De Bernt no Rio Grande do Sul. A De Bernt trabalha com executivos que recebem acima de R$ 6 mil – e são esses profissionais que podem ser contratados por um valor menor nesse momento. Souza conta que o salário chega a ser até 40% inferior ao praticado em tempos de pujança econômica. E as empresas que conseguem aproveitar as qualidades desses profissionais acumulam vantagens competitivas. O ganho pode ser muito significativo como a implantação de novas estratégias comerciais, por exemplo, tendo em vista o currículo calejado do sênior. 

O consultor, no entanto, ressalta que o departamento de Recursos Humanos deve fazer um planejamento detalhado, inclusive para remanejar a remuneração a médio e longo prazos. A razão é simples: esse profissional tende a aceitar outras propostas de trabalho mais facilmente. “É fundamental valorizar os ganhos obtidos e pensar num plano de carreira interno para manter o interesse dele por um período extenso”, ensina Souza. 


leia também

A superação de crise das empresas requer uma equipe - Para Telmo Schoeler, o grupo deve elaborar plano de ações corretivas

Anefac: juros sobem pelo 16º mês seguido - Bancos elevam taxas para compensar aumento da inadimplência

Aprenda a economizar em época de crise - Veja como adquirir produtos de qualidade e com baixo custo

As estratégias da Sepac para enrolar a crise - Fabricante de papel sanitário quer conquistar novos mercados

As grandes oportunidades para empreender em 2017 - Sebrae revela onde estão os negócios mais promissores no país

Bendita crise - Para Rafael Rojas Filho, cenário atual trará uma inevitável consolidação de empresas – e só restarão as eficientes

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: