Apple lança iPhone 7 resistente à água

Nova versão terá duas câmeras atrás e perderá entrada de fone

Da Redação

redacao@amanha.com.br

A Apple anunciou nesta quarta-feira (7) os lançamentos do iPhone 7, do iPhone 7 Plus e do Apple Watch 2, em San Francisco (Califórnia). Uma segunda câmera traseira, resistência a água e a ausência de entrada dedicada para fone de ouvido, com um novo fone sem fio lançado, o AirPod, foram as três maiores novidades relativas ao iPhone 7 anunciadas. Os iPhones 7 terão duas câmeras traseiras, além de uma câmera na parte da frente. Atrás, uma será de ângulo mais amplo e outra do tipo telephoto.

Os fones de ouvido poderão funcionar conectados à entrada do carregador ou através do uso de fones com tecnologia wireless, os AirPods. Os novos fones sem fio poderão ser sincronizados com vários aparelhos da Apple. Os aparelhos serão resistentes à água. O botão Home será alterado com uma tecnologia sensitiva ao toque, em vez de se movimentar mecanicamente. A Apple também anunciou lançará uma nova versão do seu sistema operacional, o iOS 10, com mudanças como a reformulação no Maps, integração entre Siri e App Store. A Apple já vendeu mais de um bilhão de iPhones no mundo.

Apple Watch 2
A maior novidade da nova versão do Apple Watch é que ele terá GPS. A pré-venda começa no dia 9 de setembro. Não foi divulgado se o produto está disponível para encomenda no Brasil. O preço será a partir de US$ 369. O relógio também terá novo processador, com 50% mais velocidade, novo display, com o dobro de brilho, será mais resistente à água e terá nova tecnologia para ajudar na prática de natação, como algoritmo para cálculo individualizado de caloria.

O app Pokémon Go ganhará uma versão para o Apple Watch. No evento, foi anunciado que o jogo foi baixado mais de 500 milhões de vezes em sua versão para smartphones desde o lançamento.

Vendas em declínio
Os lucros da Apple retrocederam 27% no terceiro trimestre do ano fiscal para US$ 7,8 bilhões, um resultado provocado pela queda nas vendas dos iPhones. Foram vendidos 40,4 milhões de aparelhos no trimestre contra os 47,5 milhões do mesmo período de 2015. A diminuição provocou uma contração de 14,6% nas receitas, que totalizaram US$ 42,3 bilhões, frente aos US$ 49,6 bilhões do período anterior.

O iPhone representa aproximadamente dois terços do total de vendas da Apple, por isso todas as atenções estarão sobre as novas versões do smartphone que em 2017 completará uma década de existência.


leia também

A Apple aumentará sua fatia do bolo - Novos produtos podem mudar a expansão da empresa em novas áreas

Apple revela novas versões do iPhone, do iPad e da Apple TV - O iPad Pro, um dispositivo para o mundo corporativo, foi a novidade

Como o Pokémon Go levou a realidade aumentada para o mercado tradicional - O jogo que virou febre mundial também criou uma nova plataforma de marketing capaz de gerar lucros

iPlace abre maior revenda Apple da América do Sul - A primeira loja conceito do Brasil será em Porto Alegre

Logotipo da Apple terá, enfim, utilidade - Símbolo da maçã atrás do aparelho carregará o celular

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: