Lucro das Lojas Renner sobe 10,5% entre abril e junho

O resultado foi favorecido pelas baixas temperaturas no Brasil

Da Redação

redacao@amanha.com.br

A Lojas Renner anunciou nesta segunda-feira (25) reportou um lucro líquido de R$ 174,8 milhões no segundo trimestre. O valor representa um avanço de 10,5% em comparação ao mesmo período de 2015. O resultado foi favorecido pelas baixas temperaturas no Brasil e por uma boa execução das operações. Isso justifica, por exemplo, o nível menor de remarcações de preços em itens de inverno. 

Entre abril e junho, a receita líquida operacional da Renner aumentou 8,2% em relação ao mesmo período do ano passado, chegando a R$ 1,4 bilhão. As vendas no conceito mesmas lojas — unidades abertas há mais de 12 meses — tiveram alta de 2,9%. A margem bruta das operações de varejo foi de 57,2%, com ganho de 1,9 ponto percentual em relação ao segundo trimestre de 2015. As despesas operacionais aumentaram 14%, para R$ 525 milhões. 

O desempenho de produtos financeiros foi afetado por novos tributos de PIS e Cofins, que passaram a incidir sobre as receitas financeiras. A Renner informou que teve aumento nos custos de financiamento e nos gastos com provisões para vendas parceladas. Por isso, o resultado de produtos financeiros no trimestre teve incremento de apenas 0,4% fechando com  lucro de R$ 54,2 milhões.  A receita de produtos financeiros, excluindo gastos com financiamentos e impostos, atingiu R$ 172,6 milhões no trimestre, 2,4% acima do registrado um ano antes. A variação, de acordo com a varejista, reflete o crescimento do produto Meu Cartão. 


comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: