Inadimplência de empresas do Sul avança 10,6% em junho

O setor credor de Serviços, que inclui os bancos, lidera a participação no total de dívidas em atraso na região

Por Agência Brasil

A inadimplência das empresas aumentou 12,3% em junho em comparação com o mesmo mês do ano passado. Os dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) se referem ao número de empresas devedoras em quatro regiões pesquisadas – Centro-Oeste, Norte, Nordeste e Sul. A região Sudeste não foi considerada devido à Lei Estadual nº 15.659 que vigora no estado de São Paulo e dificulta a negativação de pessoas físicas e jurídicas no Estado.

Entre as quatro regiões analisadas, o Nordeste foi a que apresentou a maior variação do número de empresas com o CNPJ registrado nas listas de negativados: um avanço anual de 14,3%. No Centro-Oeste, a inadimplência de pessoas jurídicas também registrou forte avanço, crescendo 12,6% na comparação entre junho e o mesmo mês do ano anterior. As regiões Sul (10,6%) e Norte (10%) apresentaram variações menores do número de devedores.

O setor credor de Serviços, que inclui os bancos e financeiras, lidera a participação no total de dívidas em atraso das empresas em todas as regiões pesquisadas, ou seja, é o segmento para quem as empresas mais estão devendo. Nas quatro regiões analisadas, o setor concentra mais da metade das dívidas, sendo que no Sul a parcela corresponde a 71,7%. O segundo maior credor em todas as regiões analisadas é o setor de Comércio.


leia também

A responsabilidade social nos países emergentes - Iniciativas sociais por parte das empresas estão mais comuns

Anefac: juros sobem pelo 16º mês seguido - Bancos elevam taxas para compensar aumento da inadimplência

Aumento de empresas inadimplentes perde força - Abrandamento ocorre devido ao crédito restrito

Bancos e cartões de loja são vilões da inadimplência - Carnê, cartão de crédito e cheque especial completam a lista

Banrisul emitirá R$ 2 bilhões em letras financeiras - Valor foi tomado por empréstimo por ex-governador

Banrisul tem lucro de R$ 609,6 mi até setembro - Valor é 5,9% superior ao mesmo período de 2014

comentarios


Seja o primeiro a comentar a notícia!



Comentar

Adicione um comentário: